PUBLICIDADE

Olympic Virtual Series leva esport para os Jogos Olímpicos

Evento conta com cinco modalidades; Brasil está na final do automobilismo digital

3 jun 2021 08h58
| atualizado às 10h35
ver comentários
Publicidade
Foto: Divulgação

A Olimpíada de Tóquio 2020 acontecerá no final de julho, após adiamento provocado pela pandemia de Covid-19. O evento esportivo começa oficialmente no dia 23 de julho, mas uma das suas maiores novidades já está rolando e interessa muito aos fãs de games e esportes eletrônicos: a Olympic Virtual Series - ou Série Olímpica Virtual.

O evento digital é uma iniciativa do Comitê Olímpico Internacional (COI), que se uniu com cinco federações esportivas e desenvolvedores de games correspondentes para a criação de torneios olímpicos virtuais pela primeira vez na história.

A competição que antecede os Jogos Olimpícos começou em 13 de maio e vai até 23 de junho - dia em que acontecerão as grandes finais com os melhores jogadores qualificados em cinco modalidades: Beisebol, Ciclismo, Remo, Vela e Automobilismo.

Saiba como funciona cada modalidade nesta nova experiência digital das Olimpíadas e se prepare para torcer nas finais:

Beisebol

Foto: Divulgação

Em associação com a Confederação Mundial do Baseball e Softbol, o jogo eBaseball Powerful Pro Baseball 2020, desenvolvido pela japonesa Konami e disponível para PlayStation 4 e Nintendo Switch, foi o escolhido para o torneio, com um ambiente especialmente projetado para a Olympic Virtual Series.

Nesta modalidade, os fãs de tacadas residentes no Japão, Coreia do Sul e Taipei Chinês, podem competir em dois torneios: o Home Run Derby no Nintendo Switch ou o Baseball Tournament, por meio do PlayStation 4. Participantes com os dois consoles podem disputar as duas competições, que tiveram suas qualificatórias encerradas em 30 de maio.

Os melhores jogadores já foram classificados e irão competir ao vivo na grande final, que acontece no Japão no dia 23 de junho.

Ciclismo

Foto: Divulgação

Em associação com a União Internacional de Ciclismo, os ciclistas virtuais poderão deixar seu nome na história por meio do Zwift, uma plataforma que simula o ciclismo e utiliza uma interface online como se fosse um videogame.

A modalidade vai reunir milhares de ciclistas a partir do dia 1º de junho, que particirão de disputas em grupo, podcasts com grandes nomes do ciclismo, treinos coletivos e disputas de perseguição diárias durante todo o evento.

Oito atletas olímpicos, como Sir Chris Hoy, Anna van der Breggen e Nelson Vails, participarão de podcasts especiais e em treinamentos baseados nas suas rotinas preparatórias e especialidades, desenvolvidos para ajudar os participantes a intensificar os seus treinos.

Os ciclistas virtuais começarão a pedalar em 1º de junho, em preparação para a disputa final em 18 de junho e para a corrida em grupo de 24 horas de duração no dia 23 de junho, o Dia Olímpico.

Remo

Foto: Divulgação

Em associação com a World Rowing, remadores de todo o mundo terão a chance de remar do Rio de Janeiro até Tóquio durante o evento do Olympic Virtual Series, utilizando um web app ou um website desenvolvido especificamente para o torneio.

Os competidores dessa modalidade, que acontecerá em três semanas com diferentes treinos, podem participar remando em equipamento de remo (em casa ou na academia) on na água.

Além dos treinamentos semanais, os participantes do evento de remo também participam de um projeto de boa causa e contribuem para a instituição de caridade Fundação Olímpica para Refugiados, ajudando na doação de 10 mil francos suíços para programas que apoiam jovens afetados pelo deslocamento por meio do esporte.

Vela

Foto: Divulgação

Em associação com a World Sailing, os jogadores irão usar suas melhores habilidades e táticas náuticas nas disputas de regatas, por meio do simulador online Virtual Regatta

Para participar da competição não é necessário equipamentos ou instalações de navegação, basta se cadastrar no site do Virtual Regatta, ou baixar o jogo em um computador ou dispositivo móvel e se cadastrar pela página do evento.

Os jogadores irão percorrer percursos especialmente concebidos para este evento e competir ao lado de profissionais e lendas deste esporte, como o aspirante olímpico Bart Lambriex (NED) e o membro da equipe espanhola SailGP Joan Cardona (ESP).

O evento oferece dois tipos de experiências de navegação, sendo a primeira a OffShore Mode, a "Regata Rio para Tóquio", que começa no dia 28 de maio e tem como objetivo testar as estratégias e julgamentos dos jogadores em alto mar, que devem planejar a melhor rota de navegação entre os dois países em um perído de 25-30 dias.

Já o outro modo é o InShore Mode, que começa a partir de 20 de maio e conta com três eventos movidos a ação, que irão coroar um vencedor cada um.

Automobilismo

Foto: Divulgação

Em associação com a Fédération Internationale de l’Automobile (FIA), os amantes de carros e alta velocidade poderão competir com outros pilotos e testar suas habilidades nos volantes virtuais.

O jogo escolhido para a competição foi o Gran Turismo Sport da Polyphony Digital no Modo Esporte, que pode ser jogado por meio dos consoles PlayStation 4 ou PlayStation 5.

Um total de 16 pilotos já foram qualificados para a final, que acontecerá em 23 de junho quando o evento for transmitido ao vivo no canal oficial da PlayStation na plataforma de streaming Twitch.

Os jogadores estarão representando sete países do EMEA (Europa, Oriente Médio e África), junto com os quatro melhores da Ásia, um da Oceania, dois da América do Norte e dois da América Central e do Sul.

O Brasil será representado por Igor Fraga, que conquistou o nono lugar na classificação geral da etapa qualificatória, garantindo assim uma vaga para a grande final no dia 23 de junho.

Igor Fraga é piloto de Fórmula 3 e tamém já venceu campeonatos virtuais como a série inaugural da Copa das Nações da FIA de Gran Turismo e do McLaren Shadow em 2018 e também competiu no Campeonato de eSports de Fórmula 1 de 2017. Em 2020, Fraga conquistou o título da Toyota Racing Series.

Foto: Divulgação

Conectando os esportes tradicionais e digitais

Mais do que uma competição virtual, a Olympic Virtual Series tem como objetivo reunir os esportes tradicionais, os atletas e claro, os fãs de videogames de todo o mundo, em um engajamento no movimento olímpico de forma histórica e inédita.

A realização deste primeiro evento pelo Comitê Olímpico Internacional mostra como os esports estão cada vez mais populares e relevantes em todo o mundo, e certamente abrirá as portas para novas modalidades nas próximas Olímpiadas, como o futebol e o basquete eletrônicos.

Com milhões de entusiastas e uma expectativa de crescimento nos próximos anos, as competições de esportes eletrônicos vieram para ficar. Quem sabe no futuro não vejamos esports tradicionais inclusos na grade da Olympic Virtual Series?

Acompanhe as novidades das Olímpiadas de Tóquio e da Olympic Virtual Series no site oficial do evento.

Fonte: Game On
Publicidade
Publicidade