PUBLICIDADE
Logo do

Vila Nova

Meu time

Dudu marca, Vila Nova vence a primeira e mantém o CSA no Z4 da Série B

Marcando ainda na etapa inicial, jogador garante feito do Tigre na competição; Azulão conhece mais um revés

12 jun 2021 21h04
| atualizado às 21h04
ver comentários
Publicidade

Buscando a primeira vitória no Brasileirão Série B, Vila Nova e CSA sabiam da necessidade de garantir o feito pela 3ª rodada, no estádio Aníbal de Toledo, em Aparecida de Goiânia. E quem se deu melhor foram os mandantes. Ainda no 1º tempo, Dudu marcou o único gol do jogo dando alívio aos goianos fechando o placar em 1 a 0.

Dudu comemora seu tento que jogou o Tigre para as primeiras posições na classificação da Série B (Foto: Reprodução/SporTV)
Dudu comemora seu tento que jogou o Tigre para as primeiras posições na classificação da Série B (Foto: Reprodução/SporTV)
Foto: Lance!

Com o resultado, o Tigre chegou aos 5 pontos, pulando para a 4ª colocação, e agora terá o Náutico pela frente, nos Aflitos, na próxima terça-feira. Já o Azulão, com o revés fora de casa, acabou caindo para a 18ª posição com apenas 1 ponto somado, e tentará a recuperação recebendo o Guarani, no mesmo dia, no Rei Pelé.

CSA VAI PRA CIMA NO INÍCIO, MAS VILA É QUEM ABRE O PLACAR

Mesmo jogando longe de seus domínios, a equipe do CSA não quis saber de sofrer pressão nos primeiros movimentos de jogo e partiu para seu campo de ataque. Antes dos 5 minutos completados, a equipe alagoana já havia chegado duas vezes com perigo, ambas com Silvinho, porém sem sucesso nas investidas.

Por outro lado, o Vila Nova, aos poucos, tentou equilibrar um pouco mais as ações, não deixando que o rival conseguisse sair tocando a bola em seu sistema defensivo. Sendo assim, aos 12 minutos, Henan aproveitando-se do erro do defensor, só rolou para Dudu chegar mandando para o fundo da rede. Tigre 1 a 0.

AZULÃO TENTA O EMPATE AINDA NA ETAPA INICIAL

Atrás no marcador, a equipe visitante tentou diminuir o ritmo em campo, além de manter a tranquilidade em busca do gol de igualdade. Entretanto, mesmo com a posse de bola, poucos foram os lances de perigo contra a meta de Georgemy, que conseguiu segurar a vitória parcial para os goianos até que o árbitro encerrasse a primeira metade.

VISITANTES VOLTAM COM POSTURA OFENSIVA

Sem modificações promovidas pelo técnico Bruno Pivetti, o CSA sabia que o tempo seria mais um obstáculo na segunda etapa. No entanto, querendo aproveitar-se da comodidade do adversário por conta da vantagem no marcador, tratou de levar perigo ao gol do camisa 1 do Tigre em duas chances, sendo elas dos pés de Marco Túlio, que quase conseguiu marcar.

MUDANÇAS NÃO SURTEM EFEITO E VILA GARANTE A VITÓRIA

Com o confronto caminhando para sua reta final, o técnico do Azulão ainda apostou suas últimas fichas visando garantir, ao menos, um empate. Entretanto, mesmo com algumas raras chegadas, como as de Iuri e Pedro Tonini que assustaram os mandantes, Wagner Lopes, por outro lado, também optou por algumas substituições até os minutos finais, quase vendo Pedro Júnior, já nos acréscimos, marcar o segundo gol do Vila, porém sem sucesso, dando a deixa para a arbitragem apitar o fim de jogo em Aparecida de Goiânia.

FICHA TÉCNICA

VILA NOVA x CSA - 3ª RODADA DO BRASILEIRÃO SÉRIE B

Estádio: Aníbal Batista de Toledo, em Aparecida de Goiânia (GO)

Data: 12 de junho de 2021, às 19h (de Brasília)

Árbitro: Fábio Augusto Santos Sá Junior (CBF-SE)

Assistentes: Ailton Farias da Silva (CBF-SE) e Daniel Vidal Pimentel (CBF-SE)

Cartões amarelos: Dudu e Deivid (VNO) / Marco Túlio e Geovane (CSA)

Cartões vermelhos: -

GOL: Dudu, 12'/1ºT

VILA NOVA (Técnico: Wagner Lopes)

Georgemy; Pedro Bambu, Renato, Walisson Maia e William Formiga; Deivid (Arthur Rezende, no intervalo), Dudu (Éder Monteiro, aos 2'/2ºT) e Renan Mota (João Pedro, aos 40'/2ºT); Kelvin, Cardoso (Fernandinho, aos 40'/2ºT) e Henan (Pedro Júnior, aos 45'/2ºT).

CSA (Técnico: Bruno Pivetti)

Darley; Norberto, Matheus Felipe, Lucão e Kevyn; Geovane, Gabriel e Nadson (Aylon, aos 21'/2ºT); Silvinho, Marco Túlio (Iury, aos 21'/2ºT) e Dellatorre.

Lance!
Publicidade
Publicidade