PUBLICIDADE
Logo do Santos

Santos

Favoritar Time

Gallo pede desculpas após rebaixamento: "Mágoa muito grande"

Diretor santista foi o único a falar com a imprensa

7 dez 2023 - 01h46
(atualizado às 01h46)
Compartilhar
Exibir comentários
(
(
Foto: Reprodução / Esporte News Mundo

O coordenador técnico do Santos Alexandre Gallo foi a única pessoa do clube a conceder entrevista depois da queda para a Série B. O diretor explicou o motivo pelo qual Marcelo Fernandes não foi para a entrevista coletiva, como é de costume:

-O Marcelo não veio porque o momento é trágico, importante, e eu acho que não é o momento de dar explicações técnicas com o que acontece no jogo. Eu fiquei muito p… com o que aconteceu. Muito p…. Porque a responsabilidade é de todos. O Santos não pode ter um Santos dentro do Santos. Eu descobri muita coisa errada no Santos, em todos os segmentos. Estou preparado para isso. Eu não podia tomar qualquer outra situação que fosse focar no campo. Conforto aos atletas, treinador. Toda a condição que os atletas têm em grandes clubes, têm aqui. Tomamos ações necessárias, pagando premiação que ninguém paga hoje em dia. Mas o que eu vi no vestiário foi todo mundo bastante estarrecido com tudo o que aconteceu. E eu muito p… com essa situação. Essa camisa não merece isso. Essa camisa é gigante. Sem transferir para ninguém, acho que nós todos temos de assumir essa responsabilidade e seguir em frente.

Continuando sua fala, Gallo analisou a organização do Santos ao longo do Campeonato e pediu desculpas ao torcedor:

-Noite histórica péssima. A primeira coisa que temos de fazer é pedir desculpa, com bastante humildade, porque somos um clube desse tamanho, com essa camisa, esse peso, a gente sabe que é uma coisa que marca muito. Não esperávamos que isso fosse acontecer. Fizemos o possível e o impossível para que a gente pudesse pontuar mais. Tudo dentro da legalidade nós fizemos. Infelizmente, não foi a pontuação necessária. Inicialmente, é isso. Peço desculpas ao nosso torcedor. A nossa mágoa é muito grande, além de gostar muito desse clube. Estávamos à frente de um processo que já estava bem difícil. Recuperamos pontos. Conquistamos alguns pontos importantes, jogos fora de casa, para chegar até aqui e ter nas nossas mãos a condição de defender o clube. Mas infelizmente não aconteceu.

Para saber tudo sobreo Santos, siga o Esporte News Mundo no Twitter, Facebook e Instagram

Muito abalado com o rebaixamento, Gallo afirmou que o time tinha muitos problemas técnicos, mas procurou eximir os atletas da responsabilidade pela queda:

-A equipe tem muitos problemas técnicos. E não pudemos fazer essa correção porque só podíamos contratar jogadores que estavam sem contrato. Sem transferir a responsabilidade, mas isso é um fato.

Agora, o Santos passará por eleições presidenciais e, posteriormente, começará a pensar no planejamento para 2024.

Esporte News Mundo
Compartilhar
Publicidade
Publicidade