PUBLICIDADE

Quarta edição do VelaShow celebra a vela náutica em Ilhabela

VelaShow 2024 reúne mais de 4 mil pessoas em Ilhabela (SP)

20 jun 2024 - 12h00
(atualizado às 12h00)
Compartilhar
Exibir comentários
VelaShow
VelaShow
Foto: OnBoard / Esporte News Mundo

A quarta edição do VelaShow foi realizada de 14 a 16 de junho na Escola de Vela Lars Grael, em Ilhabela (SP).

O evento, 100% dedicado à modalidade, reuniu mais de 4 mil pessoas e 51 expositores da cadeia produtiva náutica.

A exposição organizada pela Cardoso Almeida Eventos reuniu grandes nomes do esporte, que se dividiram entre palestras, bate-papos nos estandes e na regata VelaShow, que abriu a segunda etapa da Copa Mitsubishi de Vela Oceânica.

Os visitantes se relacionaram com uma ampla gama de fornecedores de produtos e serviços do mercado da vela náutica, e puderam conhecer as últimas tendências e inovações apresentadas pelas principais empresas do segmento.

Foi a quarta edição do VelaShow, que passou por Itajaí (SC) em 2019 e Niterói (RJ) em 2022, além das duas últimas em Ilhabela (SP).

"O VelaShow transcende o conceito de uma simples feira de negócios. Trata-se de uma verdadeira imersão no universo da vela náutica. Nosso objetivo é criar um ambiente excepcional que promova conexões valiosas, estimule a troca de ideias e apresente as inovações que impulsionarão o setor," explica o organizador Edilberto Almeida.

Além da exposição, o VelaShow 2024 ofereceu um ciclo de palestras com personalidades renomadas do mundo náutico. Entre os palestrantes estavam o instrutor Tio Spinelli, o experiente navegador Aleixo Belov e o renomado Beto Pandiani.

VelaShow
VelaShow
Foto: OnBoard / Esporte News Mundo

Regata

A Regata VelaShow abriu a segunda etapa da Copa Mitsubishi 2024 no sábado (15), em Ilhabela (SP), incluindo grandes nomes da modalidade, como o maior campeão olímpico do Brasil, Robert Scheidt. A disputa é tradicionalmente conhecida como o esquenta da Semana Internacional de Vela de Ilhabela, que será em julho.

O evento organizado pelo Yacht Club de Ilhabela reuniu mais de 30 barcos das classes ORC, BRA-RGS, RGS Cruiser, C-30 e HPE-25. Foram disputadas provas na Ponta das Canas, com ventos que começaram fracos, com 5 nós, e subiram no meio da tarde.

Os prêmios foram entregues no YCI pelos organizadores do VelaShow Edilberto Almeida, Paulo Almeida e André Almeida, que foram até o clube prestigiar os atletas. Os vencedores da Regata VelaShow na classe ORC, considerada a mais forte da vela oceânica, foram o Phytoervas, que venceu as duas regatas deste sábado (15). O segundo colocado foi o Phoenix e o terceiro o King.

"Foram regatas bacanas, largamos bem observando os adversários dos dois lados. Chegamos sempre na boia de contra-vento bem. O vento aumentou aos poucos e o dia foi fantástico, com sol e rajadas. Foi um dia positivo," disse Alexandre Wissenbach, do Phytoervas 4Z, co-patrocinado pela Galapagos Capital.

Na C-30, com três provas, quem brilhou foi o Relaxa/Building, comandado por Tomas Mangabeira, que superou Bravo, de Jorge Berdasco, e Tonka, de Damian Pons, este último com reforço de Robert Scheidt a bordo.

Na HPE-25, o Ginga foi o vencedor, superando Espetáculo e Barco Brasil. "Muito legal participar desse evento e divulgar nossa campanha de Volta ao Mundo em duplas Globe40, que começa no ano que vem. Também estamos com estande no VelaShow," contou José Guilherme Caldas, comandante do Barco Brasil, anteriormente conhecido como Mussulo.

Na BRA-RGS, o campeão foi o Beleza Pura, de Ferraz. A classe reúne o maior número de veleiros, com 16 barcos, e foi realizada apenas uma regata neste dia. A Copa Mitsubishi 2024 volta neste domingo (16) com mais regatas em Ilhabela (SP).

Esporte News Mundo
Compartilhar
Publicidade
Seu Terra












Publicidade