PUBLICIDADE
Logo do

Ponte Preta

Favoritar Time

Ex-preparador de Ivan afirma: "É um goleiro com a cara do Corinthians"

28 jan 2022 08h53
ver comentários
Publicidade

O goleiro Ivan, da Ponte Preta, já realizou exames e está para ser anunciado a qualquer momento pelo Corinthians como o quarto reforço da temporada 2022. O clube não comenta suas negociações, mas para quem já trabalhou com o jogador, o anúncio é questão de tempo.

"Acho que chegar a um clube como o Corinthians é o sonho de qualquer atleta. Já conversei com ele várias vezes, ele está muito feliz", iniciou Beto Guastali, ex-preparador de Ivan e hoje no Chiangrai United, da 1ª divisão da Tailândia, com exclusividade à Gazeta Esportiva.

"Ele é um garoto muito humilde, muito simples, de boa conduta, extremamente profissional, carismático, acho que hoje isso também é uma virtude muito grande. E acho que, de verdade, é um goleiro com a cara do Corinthians, um goleiro que joga com uma postura agressiva e acho que a torcida vai gostar bastante", enfatizou.

Os dois conviveram por um período de mais de dez anos. Beto coordenou Ivan no sub-15 do Guarani e, depois, em 2013, já na Ponte, ambos começaram a trabalhar juntos na relação goleiro vs. preparador.

"O Ivan chegou comigo no Guarani. Na verdade, ele chegou no sub-15, já era um menino com bastante instinto, bastante dom, um biotipo muito bom. A gente ali só começou a implantar os padrões técnicos que a gente acredita, então, já era um menino, desde muito jovem, que a gente acreditava que teria uma grande projeção", continuou.

Entre as características exaltadas pelo profissional, ele afirma que Ivan possui grande capacidade de improviso, "ele resolve os problemas durante o jogo", e, aliado a isso, "é que ele cresce em momentos importantes, ele se agiganta e consegue responder bem nessas situações".

Outras pessoas que conviveram por anos com o goleiro confirmaram sua personalidade e questões técnicas. À Gazeta Esportiva, eles disseram que Ivan sempre foi muito humilde, disciplinado, obediente taticamente e que, quando mais jovem, andava quilômetros de bicicleta para treinar. Nos últimos anos, teria se firmado como uma liderança dentro da Macaca, principalmente depois de sua convocação para a Seleção pré-Olímpica.

Outra característica exaltada é de que ele seria mais "tranquilo", não teria perfil "ostentação" e "nem sai à noite, tem protótipo de bom menino". Por fim, nas questões técnicas, exaltaram a agilidade embaixo do gol, "a torcida sempre dizia que ele fazia três milagres por jogo". A dificuldade maior, que ele estaria corrigindo com o tempo, seria a saída de bola.

Ivan realizou os exames médicos no Corinthians, ao que tudo indica após fotos vazadas, no dia 18 de janeiro, mas, desde então, nenhum anúncio foi feito. Posteriormente a isso, o presidente da Ponte, Marco Antônio Eberlin, afirmou que o Timão assumiria uma dívida de cerca de R$ 10 milhões a pagar aos empresários do goleiro, o que foi totalmente descartado por Roberto de Andrade, diretor de futebol do clube.

Gazeta Esportiva Gazeta Esportiva
Publicidade
Publicidade