0

Héverton do "Caso Lusa" não acerta renovação com Paysandu

16 jan 2015
20h41
atualizado às 20h52
  • separator
  • 0
  • comentários

A passagem do meia Héverton, pivô do "Caso Lusa" que levou ao rebaixamento do time paulista no STJD em 2013 pela escalação irregular do jogador, pelo Paysandu terminou nesta sexta-feira. O armador, que tentou retornar ao time paraense após uma tentativa frustrada de atuar no Cazaquistão, não chegou a um acordo com a diretoria nortista e terá que procurar um novo clube para defender em 2015.

Héverton teve boa temporada no Paysandu em 2014
Héverton teve boa temporada no Paysandu em 2014
Foto: Instagram / Reprodução

Héverton pediu à diretoria do Papão da Curuzu uma liberação para negociar com o FC Astana, que disputa o campeonato cazaque. Entretanto, o vínculo não foi fechado. A busca para retornar a Belém nesta temporada não deu certo e deixou o jogador frustrado.

"Venho aqui deixar meu agradecimento somente a uma pessoa: você, torcedor. Agradeço por tudo que fizeram por mim, e me perdoe se algum dia eu faltei com respeito. Essa será minha última postagem com a camisa do ‘Payxão’", escreveu Héverton, em seu perfil no Instagram.

Após ser o pivô do rebaixamento da Portuguesa para a Série B do Campeonato Brasileiro, em 2013, Héverton chegou ao Paysandu, no qual participou do acesso à Segunda Divisão nacional, além dos vice-campeonatos do Paraense e também da Copa Verde - que garantiu ao Brasília uma vaga na Copa Sul-Americana.

Em seu currículo, Héverton Durães Coutinho Alves, 29 anos, revelado pelo Guarani, também tem passagens por Ankaragucu-TUR, Ponte Preta, Corinthians, Vitória, Atlético-PR e Seongnam, da Coreia do Sul.

Gazeta Esportiva Gazeta Esportiva
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade