0

Na Copinha, fama de vice é do São Paulo

Tricolor chegou dez vezes na decisão e perdeu sete; Vasco só foi vice uma vez

23 jan 2019
15h50
atualizado às 15h50
  • separator
  • 0
  • comentários

A final da Copinha vai reunir os dois melhores times da competição. O Vasco eliminou o bicho-papão Corinthians, dono de dez títulos, nos pênaltis. O São Paulo atropelou o bom time do Guarani por 5 x 2. É a certeza de que o título estará em boas mãos na comemoração dos 50 anos de competição.

A curiosidade é que se no time profissional a fama de ser vice é do Vasco, que vive sendo alvo de flamenguistas, botafoguenses e tricolores; na Copinha, a história muda de figura. Antes de conquistar o primeiro título, em 93, o São Paulo foi vice duas vezes: perdeu para a Ponte Preta, em 81, e para o próprio Vasco, em 92.

Jogadores do São Paulo comemoram classificação da equipe para a final da Copa São Paulo de Futebol Júnior após vitória na partida contra o Guarani
Jogadores do São Paulo comemoram classificação da equipe para a final da Copa São Paulo de Futebol Júnior após vitória na partida contra o Guarani
Foto: Fernando Calzzani / Photopress / Estadão

Claro que em um torneio como a Copinha, o título é a cereja do bolo, porque o que vale mesmo são as revelações que se mostram prontas ou não para subir para o time principal. Mas o aproveitamento do Tricolorzinho, que perdeu 7 das 10 decisões que disputou, deixa a torcida que pretende ir ao Pacaembu, na sexta-feira, com uma pulga atrás da orelha.

O Vasco, além do título de 92, só disputou outra final contra o Corinthians, em 99, e foi derrotado por 1 x 0. Embora tenha sempre revelado bons jogadores nas categorias de base, vai encarar a final da Copinha apenas pela terceira vez. Mas chega forte e empurrando a incômoda fama de vice para os coleguinhas tricolores.

Veja também:

Paradinha Esportiva
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade