PUBLICIDADE
Logo do

Palmeiras

Meu time

Weverton lamenta derrota do Palmeiras e avalia segundo gol sofrido: 'Não deu pra fazer nada'

Em chute indefensável, Roger Guedes marca golaço e dá vitória ao Corinthians

25 set 2021 21h49
| atualizado às 21h49
ver comentários
Publicidade

Weverton perdeu três embates com Roger Guedes na derrota por 2 a 1 sofrida pelo Palmeiras diante do Corinthians no clássico deste sábado. Em um deles, o corintiano estava impedido, mas os outros dois terminaram com gols validados e garantiram a vitória do rival. O segundo saiu na reta final, aos 38 minutos do segundo tempo, fato muito lamentado pelo goleiro palmeirense, assim como o próprio resultado.

No lance, Roger Guedes driblou Gabriel Menino após receber de Vitinho e chutou muito forte, sem chances para Weverton defender, segundo a análise feita pelo próprio jogador no gramado. "Realmente, foi um chute muito difícil, ele foi feliz na batida, pegou um chute forte. Infelizmente, fez gol, e a gente lamenta a derrota", disse. "Faz parte, eu como goleiro nunca gosto de sofrer gols, mas não deu para fazer nada", completou.

Antes de decretar a vitória, o carrasco de Weverton já havia feito o primeiro do Corinthians, também um golaço, durante a etapa inicial, mas Gabriel Menino devolveu a esperança ao Palmeiras empatando nos minutos finais antes do intervalo. O empate já não era um bom resultado, já que o time vive um momento de oscilação, por isso a derrota trouxe uma frustração muito grande.

Segundo Weverton, a atuação palmeirense, principalmente no segundo tempo, poderia ter terminado em vitória, não fossem as chances desperdiçadas. "Não foi isso que viemos buscar, nós queríamos a vitória e tivemos chance. Agora é bola para frente e pensar na terça-feira", comentou o jogador, lembrando o compromisso contra o Atlético-MG, em Belo Horizonte, pela rodada de volta da semifinal da Copa Libertadores, após empate sem gols no jogo de ida.

No Brasileirão, o Palmeiras estacionou nos 38 pontos após a derrota deste sábado. Com isso, continua em segundo lugar, sem chances de perder a posição, mas pode ver o Flamengo, atual terceiro colocado, diminuir a distância para um ponto. O time carioca joga contra o América-MG, na manhã de domingo, em Belo Horizonte.

Estadão
Publicidade
Publicidade