PUBLICIDADE
Logo do Palmeiras

Palmeiras

Favoritar Time

Leila Pereira sobe o tom nas críticas a John Textor: 'É um idiota'

Em entrevista ao programa 'Roda Viva', presidente do Palmeiras, Leila Pereira, diz que John Textor deveria ser banido do futebol

23 abr 2024 - 00h22
(atualizado às 07h44)
Compartilhar
Exibir comentários
Fotos: Cesar Greco e Vitor Silva - Legenda: Leila Pereira e John Textor: em pé de guerra
Fotos: Cesar Greco e Vitor Silva - Legenda: Leila Pereira e John Textor: em pé de guerra
Foto: Jogada10

Leila Pereira subiu de vez o tom nas críticas a John Textor, chefe da SAF do Botafogo. A presidente do Palmeiras deu uma entrevista ao programa 'Roda Viva', da TV Cultura, nesta segunda-feira (22), em que chamou o norte-americano de 'idiota', após as denúncias feitas por ele na CPI da Manipulação, em Brasília.

Leila voltou a fazer duras críticas ao botafoguense, num tom duro. Ela usou palavras ríspidas e chegou a provocar o estadunidense, afirmando que o começo das acusações aconteceu após a vitória de virada do Palmeiras sobre o Botafogo, no Brasileirão do ano passado, por 4 a 3. A partir de então, a derrocada alvinegra se acentuou, culminando com o título alviverde.

"Já entramos com uma ação cível contra ele e pedimos a abertura de inquérito policial. Ele continua falando, falando, mas não prova absolutamente nada. Acho isso uma aberração, uma vergonha. Muita gente se pergunta por que ele está fazendo isso. Eu sei o que se passa na cabeça dele este senhor: me perdoem a expressão, mas ele é um idiota. Tudo começou naquele 4 a 3 do Palmeiras. Acho que ele ficou louco por causa disso", disse uma indignada Leila, que afirma que ainda falta uma punição desportiva exemplar a Textor:

"É claro que sim, estou cansada de falar isso. O que esse John Textor está achando é que o Brasil é uma bagunça e que as autoridades não tomam atitude nenhuma. Então, para se coibir isso, o STJD deveria banir esse homem do futebol. Não sei se posso falar sobre como o STJD deveria se comportar, mas estamos em uma democracia e é isso que penso".

Polêmica ganha novo capítulo

A guerra pública entre Leila Pereira e John Textor vem se arrastando há meses. De fato, as reclamações do dirigente botafoguense contra a CBF, a quem chamou de 'corrupta', aconteceram após o embate das duas equipes do Brasileirão passado. Mas o tom das acusações do alvinegro aumentou bastante, chegando ao ponto de citar o Palmeiras em jogos que seriam manipulados nos Brasileiros de 2022 e 2023.

Do lado palmeirense, as palavras de Leila mudaram nesta segunda-feira, mas permaneceram duras. Anteriormente, ela já tinha chamado o líder do Botafogo de 'fanfarrão'. Em sua defesa, Textor afirmou que não tinha acusado o Palmeiras diretamente de envolvimento na manipulação, ainda que fosse um beneficiário dela.

"Como pode haver manipulação em um Palmeiras x São Paulo, em uma goleada de 5 a 0? Quando o São Paulo entregaria o jogo para um arquirrival? Sabe, é uma loucura. Aí, fica essa novela que não vai terminar nunca, vocês me perguntando o que eu acho… O que eu acho é que ele (Textor) é um louco", vociferou Leila.

Siga o Jogada10 nas redes sociais: TwitterInstagram e Facebook.

Jogada10
Compartilhar
Publicidade
Publicidade