0
Logo do Palmeiras
Foto: terra

Palmeiras

Palmeiras

Coritiba estraga festa de Cuca e amplia 'seca' do Palmeiras

Cleber Yamaguchi/Agif / Gazeta Press
7 jun 2017
21h29
atualizado às 22h56
  • separator
  • comentários

O Coritiba assumiu a liderança provisória do Campeonato Brasileiro na noite desta quarta-feira. No Estádio Couto Pereira, com um triunfo por 1 a 0, o time mandante tomou o primeiro lugar do torneio nacional e manteve afastado das vitórias o desfalcado Palmeiras, que jogou sem cinco titulares.

Foto: Giuliano Gomes / Gazeta Press

Com um gol de Matheus Galdezani, o Coritiba chegou aos 12 pontos e agora torce contra Chapecoense e Corinthians para seguir como líder isolado. Já o Palmeiras, há quatro rodadas sem ganhar no Brasileiro e sequer sem fazer gols nos últimos quatro jogos (antes, Chapecoense, São Paulo e Atlético-MG), aparece no 14º lugar, com quatro pontos. A equipe paulista, que tinha Cuca como aniversariante da noite - 54 anos - não vence o rival no Couto Pereira desde 1997, em uma sequência de nove derrotas e seis empates.

Às 16 horas (de Brasília) deste sábado, pela sexta rodada do Campeonato Brasileiro, o Palmeiras enfrenta o Fluminense, no Estádio Palestra Itália. Já o Coritiba, em duelo programado para as 11 horas de domingo, encara o Botafogo, no Engenhão.

Foto: Cleber Yamaguchi/Agif / Gazeta Press

O Jogo - Escalado como titular ao lado de Thiago Santos e Tchê Tchê, Felipe Melo ficou mais livre para explorar sua técnica e contribuir na armação. Na primeira boa chance do jogo, após cabeçada do zagueiro Juninho, a bola sobrou para finalização de primeira do volante, defendida por Wilson.

O Palmeiras foi mais consistente durante o primeiro tempo e voltou a levar perigo quando Felipe Melo virou o jogo da direita para a esquerda em busca de Michel Bastos. De fora da área, o meia bateu firme e o goleiro Wilson pulou para espalmar pela linha de fundo.

Foto: Geraldo Bubniak / Gazeta Press

Em uma cobrança de falta frontal, o Coritiba finalmente fez o palmeirense Fernando Prass trabalhar. O meia Tiago Real, com passagem pelo time paulista, bateu colocado e obrigou o goleiro adversário a fazer uma defesa complicada, cedendo o tiro de escanteio.

Os dois times voltaram inalterados para o segundo tempo, e o Coritiba abriu o placar logo aos seis minutos. Em longo lançamento do campo de defesa, o zagueiro Márcio encontrou Matheus Galdezani nas costas de Thiago Santos e Mayke. Na saída, Prass deixou o canto esquerdo livre e o meio-campista finalizou com categoria.

Foto: Daniel Castellano/FramePhoto / Gazeta Press

Em desvantagem no marcador, Cuca trocou o volante Thiago Santos e o lateral esquerdo Egídio pelos meias Raphael Veiga e Hyoran, deslocando Michel Bastos para a ala. O técnico ainda tirou o lateral direito Mayke e colocou o atacante Roger Guedes. Apesar das alterações, o Palmeiras foi incapaz de criar chances para empatar.

O Coritiba desperdiçou uma grande oportunidade de ampliar a vantagem com Iago, que entrou no lugar de Henrique Almeida. Tiago Real invadiu a área pela esquerda e cruzou na medida, mas o atacante, com o gol livre, bateu para fora. No fim, a chance perdida não fez falta.

FICHA TÉCNICA

CORITIBA 1 X 0 PALMEIRAS

Local: Estádio Major Antônio Couto Pereira, em Curitiba (PR)

Data: 07 de junho de 2017, quarta-feira

Horário: 19h30 (de Brasília)

Árbitro: Braulio da Silva Machado (SC)

Assistentes: Kleber Lucio Gil (Fifa/SC) e Neuza Inês Back (Fifa/SC)

Cartões amarelos: Rildo, Márcio, Willam Matheus, Matheus Galdezani (COR); Thiago Santos, Felipe Melo, Antônio Carlos (PAL)

GOLS:

CORITIBA: Matheus Galdezani, aos seis minutos do segundo tempo

CORITIBA: Wilson; Dodô, Werley, Márcio e William Matheus; Alan Santos, Matheus Galdezani (Jonas) e Tiago Real; Rildo (Walisson Maia), Henrique Almeida (Iago) e Kleber

Técnico: Pachequinho

PALMEIRAS: Fernando Prass; Mayke (Roger Guedes), Juninho, Antônio Carlos e Egídio (Hyoran); Thiago Santos (Raphael Veiga), Felipe Melo e Tchê Tchê; Michel Bastos, Keno e Willian

Técnico: Cuca

Gazeta Esportiva Gazeta Esportiva

compartilhe

comente

  • comentários
publicidade
publicidade