0

Rossi confirma conversa com Ducati por vaga para Marini na MotoGP com Avintia em 2021

Equipe de Andorra, porém, afirmou que a vaga pertence a Tito Rabat, que ainda tem contrato válido para a temporada 2021 da MotoGP

18 set 2020
04h49
  • separator
  • 0
  • comentários
  • separator
Luca Marini lidera a disputa pelo título da Moto2
Luca Marini lidera a disputa pelo título da Moto2
Foto: VR46 / Grande Prêmio

Valentino Rossi confirmou a possibilidade de Luca Marini saltar para a MotoGP na temporada 2021 com a Avintia. O irmão do multicampeão lidera a briga pelo título da Moto2, com 17 pontos de vantagem para Enea Bastianini.

Inicialmente, Marini era visto como rival de Bastianini na briga pela vaga que hoje pertence a Johann Zarco. Contudo, Rubén Xaus, chefe da Avintia, confirmou na semana passada a opção por Enea, já que o francês será promovido dentro da estrutura da Ducati ― ainda não se sabe se o bicampeão da Moto2 vai defender o time de fábrica ou a Pramac em 2021.

Luca Marini é irmão de Valentino Rossi por parte de mãe
Luca Marini é irmão de Valentino Rossi por parte de mãe
Foto: VR46 / Grande Prêmio

Conheça o canal do Grande Prêmio no YouTube! .

Siga o Grande Prêmio no Twitter e no Instagram!

Falando à imprensa em Misano na quinta-feira (17), Rossi confirmou que a VR46, que gere a carreira de Marini, falou com a Ducati sobre uma vaga na MotoGP.

"Falamos com a Ducati para ter a chance de chegar na MotoGP no próximo ano com a Avintia", disse Rossi. "É ótimo, pois a Ducati é competitiva e coloca muito esforço no programa da MotoGP. Também estão investindo em pilotos jovens, então se Luca puder chegar na MotoGP e correr com a Ducati, seria bom para ele", opinou.

"Mas agora é muito importante que ele se concentre no campeonato da Moto2 e tente vencer, pois isso é o mais importante para o próximo ano", ponderou.

Apesar do interesse da VR46, a vaga na Avintia não está exatamente disponível. Tito Rabat tem um contrato válido com a equipe sediada em Andorra, e Raúl Romero, dono da Avintia, refuta a possibilidade de substituir o espanhol.

"Temos contrato com Tito Rabat e queremos continuar com ele", disse Romero ao jornal espanhol AS. "As vagas são minhas e no próximo ano teremos Rabat", assegurou.

O GRANDE PRÊMIO acompanha todas as atividades do GP de Emília-Romanha e da Riviera de Rimini, oitava etapa do Mundial de Motovelocidade 2020.

Veja também:

Veja as principais revelações que saíram do CT do São Paulo
Grande Prêmio
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade