PUBLICIDADE

Quartararo reporta "muita dor" no braço durante vitória na Holanda: "Estava assustado"

Fabio Quartararo venceu bem o GP da Holanda, mas admite que ficou preocupado com um pesadelo que já o assombrou no início da temporada 2021 da MotoGP: uma lesão no braço direito que custou um triunfo em Jerez

27 jun 2021 12h44
ver comentários
Publicidade
Fabio Quartararo
Fabio Quartararo
Foto: Yamaha / Grande Prêmio

No início da temporada, Fabio Quartararo perdeu a vitória no GP da Espanha por conta de fortes dores no braço direito, precisando até mesmo de uma cirurgia. No veloz circuito de Assen, na Holanda, o francês disse que voltou a sofrer com a parte física e sofreu durante a quarta conquista no campeonato de 2021.

Largando em segundo, Quartararo teve intensa disputa com Francesco Bagnaia no início da prova, mas conseguiu a ultrapassagem e abriu vantagem para a concorrência, até terminar 2s7 na frente do companheiro Maverick Viñales. Após a prova, comentou sobre as dificuldades em Assen.

VÍDEO

Fabio Quartararo fez muita festa após a vitória em Assen
Fabio Quartararo fez muita festa após a vitória em Assen
Foto: Yamaha / Grande Prêmio

Conheça o canal do Grande Prêmio no YouTube.

Siga o Grande Prêmio no Twitter e no Instagram.

"Essa foi complicada. Foi uma corrida bem complicada mesmo porque eu estava com dificuldades para ultrapassagem o Pecco [Bagnaia] e sofri durante todo o fim de semana com o braço direito. Na corrida, para ser honesto, eu poderia ser três ou quatro décimos mais rápido por volta", afirmou o francês.

"Mas eu estava sentindo muita dor e, na metade final da corrida, estava um pouco assustado. Mas segui com o ritmo e fico feliz porque na batalha com o Maverick [Viñales] no sábado, ele venceu, então os pontos chegaram hoje. Estou muito feliz", completou.

Com o resultado, Quartararo abriu vantagem na liderança do campeonato, chegando a 156 pontos. Agora, o piloto da Yamaha tem 34 de vantagem para Johann Zarco, que novamente não chegou no pódio, mas segurou o segundo posto na tabela.

Agora, a MotoGP entra de férias por cinco semanas e volta a correr apenas no dia 8 de agosto, no Red Bull Ring, para o GP da Estíria. Acompanhe a cobertura do GRANDE PRÊMIO sobre o Mundial de Motovelocidade.

Grande Prêmio
Publicidade
Publicidade