PUBLICIDADE

Alcoba bate Fenati e crava pole da Moto3 na Holanda. Acosta é barrado por médicos

Na última tentativa, Jeremy Alcoba conseguiu a pole-position no GP da Holanda e evitou que Romano Fenati quebrasse um jejum de quatro quatro anos. Dennis Foggia ainda completa a primeira fila do grid. A ausência foi de Pedro Acosta após grave acidente no fim do TL3

26 jun 2021 08h23
| atualizado às 08h41
ver comentários
Publicidade
Jeremy Alcoba
Jeremy Alcoba
Foto: Gresini / Grande Prêmio

Jeremy Alcoba estragou a festa de Romano Fenati na última tentativa e marcou a pole-position para o GP da Holanda de Moto3. Com 1min41s194, o espanhol tirou do rival a chance de quebrar um jejum que já dura quase 4 anos na categoria.

Fenati ficou com a segunda posição, a 0s212 atrás de Alcoba, mas vai ter que cumprir duas punição de voltas longas na corrida em Assen. Dennis Foggia ficou em terceiro e fecha a primeira fila do grid.

WEB STORIES

Jeremy Alcoba ficou com a pole-position em Assen
Jeremy Alcoba ficou com a pole-position em Assen
Foto: Gresini / Grande Prêmio

Conheça o canal do Grande Prêmio no YouTube.

Siga o Grande Prêmio no Twitter e no Instagram.

Sergio García ficou em quarto, seguido por Niccolò Antonelli, Darryn Binder, Xavier Artigas e Jaume Masià completando os dez melhores do grid na Holanda.

Líder do Mundial, Pedro Acosta não participou da classificação deste sábado. Depois de ser atropelado em um feio acidente nesta manhã, o piloto da Red Bull KTM Ajo foi declarado inapto pelos médicos por causa de uma lesão na coluna. Stefano Nepa e Ricardo Rossi também perderam a sessão.

A largada do GP da Holanda, nona etapa da Moto3, está marcada para 6h (de Brasília) de domingo. Acompanhe a cobertura do GRANDE PRÊMIO sobre o Mundial de Motovelocidade.

Masià vai ao Q2 com Artigas, Fellon e Guevara

Assim como aconteceu mais cedo, a classificação da Moto3 começou com pista seca. Antes do início do Q1, os termômetros mediam 25°C, com o asfalto chegando a 31°C. A umidade relativa do ar era de 53%, com o vento soprando a uma velocidade de 2 km/h.

Com 1min42s318, Jaume Masià foi o primeiro a aparecer no topo da tabela, mas o começou da sessão ficou marcado mesmo por um forte tombo de Alberto Surra na curva 7. O piloto foi ejetado da moto e bateu forte contra o chão, mas levantou sozinho e deixou a pista caminhando.

Riccardo Rossi e Stefano Nepa, que se envolveram em um feio acidente com Pedro Acosta no fim do TL3, não participaram da sessão, já que foram ao hospital local para passar por exames.

Enquanto isso, Masià baixou para 1min41s932 para se manter na liderança, com Xavier Artigas, Lorenzo Fellon e Joel Kelson provisoriamente formando o top-4. YukiKunii vinha 0s070 abaixo da linha de corte.

Antes de parar, Guevara foi a 1min42s895 e assumiu quarto posto, tirando Kelso do top-4.

Como costumam fazer, os pilotos tardaram a voltar para a pista depois do pit-stop esperando por alguém mais rápido. E, como também acontece com frequência, a maioria errou o tempo e não conseguiu avançar na tabela.

Assim, Masià, Artigas, Fellon e Izán Guevara avançam ao Q2, enquanto Kelso larga em 19º, à frente de Kunii, Adrián Fernández, Takuma Matsuyama e Andi Farid Izdihar. Rossi, Surra e Nepa ficaram sem tempo.

Alcoba crava primeira pole na Moto3

A fase final da classificação começou com John McPhee isolado na liderança, à frente de Gabriel Rodrigo e Sergio Garcia. Pouco depois, Niccolò Antonelli tomou o comando com 1min41s898, passando o piloto da SRT por 0s145.

Ainda nos primeiros minutos desta fase final da classificação, Rodrigo levou um susto na curva 15, mas conseguiu salvar a queda e continuar na sessão.

Kaito Toba, então, apareceu com 1min41s889 e assumiu a pole provisória, só 0s004 melhor que Jeremy Alcoba, o novo segundo colocado. Antonelli era o terceiro, à frente de Dennis Foggia e Masià.

Alcoba conseguiu melhorar para 1min41s808 e assumiu a liderança, 0s081 à frente de Toba. Antonelli caiu para terceiro.

Depois de uma passagem pelos boxes, Segio García anotou 1min41s473 e assumiu a liderança, 0s335 melhor que Alcoba. Toba vinha em terceiro.

Com poucos segundos no cronômetro, Romano Fenati foi a 1min41s406 e tomou a ponta, abrindo 0s067 de margem para García. Alcoba, porém, veio com o cronometro zerado para conquistar a posição de honra no grid.

Moto3 2021, GP da Holanda, Assen, Classificação:

1 J ALCOBA Gresini Honda 1:41.194  
2 R FENATI MAX Husqvarna 1:41.406 +0.212
3 D FOGGIA Leopard Honda 1:41.472 +0.278
4 S GARCIA Aspar KTM 1:41.473 +0.279
5 K TOBA CIP KTM 1:41.479 +0.285
6 G RODRIGO Gresini Honda 1:41.534 +0.340
7 N ANTONELLI Avintia KTM 1:41.667 +0.473
8 D BINDER SIC Honda 1:41.755 +0.561
9 X ARTIGAS Leopard Honda 1:41.878 +0.684
10 J MASIÀ Red Bull KTM Ajo 1:42.003 +0.809
11 J MCPHEE SIC Honda 1:42.043 +0.849
12 T SUZUKI SIC58 Honda 1:42.056 +0.862
13 I GUEVARA Aspar KTM 1:42.194 +1.000
14 L FELLON SIC58 Honda 1:42.388 +1.194
15 D ÖNCÜ Tech3 KTM 1:42.392 +1.198
16 E BARTOLINI Avintia KTM 1:42.526 +1.332
17 A MIGNO Snipers Honda 1:42.539 +1.345
18 P ACOSTA Red Bull KTM Ajo Sem tempo
19 J KELSO CIP KTM 1:42.941 +1.747
20 Y KUNII Asia Honda 1:43.011 +1.817
21 A FERNÁNDEZ MAX Husqvarna 1:43.162 +1.968
22 R YAMANAKA Prüstel KTM 1:43.186 +1.992
23 T MATSUYAMA Asia Honda 1:43.258 +2.064
24 A FARID IZDIHAR Asia Honda 1:44.320 +3.126
25 R ROSSI RBA KTM Sem tempo
26 A SURRA Snipers Honda Sem tempo
27 S NEPA Aspar KTM Sem tempo
Grande Prêmio
Publicidade
Publicidade