0

Lutas

Lutador de WWE, Roddy Piper morre por ataque cardíaco aos 61

Andrew H. Walker / Getty Images
31 jul 2015
19h52
atualizado às 20h01
  • separator
  • comentários

Importante lutador de WWE, Roddy Piper morreu nesta sexta-feira, aos 61 anos. Ele sofreu uma parada cardíaca em Hollywood e foi encontrado morto em casa. Ele era um dos maiores ícones desse tipo de evento, que é bastante popular no México e nos Estados Unidos, uma espécie de luta livre de exibição.

Nascido no Canadá, Piper tem ascendência escocesa
Nascido no Canadá, Piper tem ascendência escocesa
Foto: Paul Andrew Hawtorne / Getty Images

Piper é famoso desde os anos 80, quando começou a participar de eventos de WWE. Os programas chegaram a passar no Brasil, onde ele ficou conhecido como "Gaitero". Isso porque ele sempre usou roupas e músicas típicas da Escócia em suas exibições. Ele nasceu no Canadá, mas tem ascendência escocesa.

Piper foi um dos principais vilões nos espetáculos do WWE
Piper foi um dos principais vilões nos espetáculos do WWE
Foto: Bill Olive / Getty Images

Piper também teve uma carreira como ator. Um de seus papéis mais célebres foi de John Nada, protagonista do filme de terror Eles Vivem, em que o personagem que interpretou conseguia descobrir alienígenas infiltrados no planeta Terra. A produção conta com uma cena que se tornou icônica entre os fãs do trash em que o lutador entra em um banco carregando uma arma e, instantes antes de atirar contra os invasores, diz: "eu vim aqui para mascar chicletes e dar uma surra. E já acabaram meus chicletes".

Depois da fama, ele até foi introduzido ao Hall da Fama da WWE em 2005, mas um ano depois começou a ter problemas de saúde, como um Linfoma de Hodgkin, do qual ele conseguiu se recuperar. Tanto que sua última exibição no ringue do WWE aconteceu em 2008. Piper deixou sua esposa Kitty e quatro filhos, inclusive um que está seguindo carreira na luta profissional.

 
Fonte: Terra

compartilhe

comente

  • comentários
publicidade