PUBLICIDADE

Lutas

Strickland admite que pode 'esperar' para lutar pelo cinturão do UFC

Sean Strickland mais uma vez venceu uma luta com ares de controvérsia no UFC, ao bater Paulo Borrachinha no último final de semana em

3 jun 2024 - 17h57
(atualizado às 21h15)
Compartilhar
Exibir comentários
Sean Strickland na luta contra Paulo Borrachinha
Sean Strickland na luta contra Paulo Borrachinha
Foto: Divulgação/UFC / Esporte News Mundo

Sean Strickland mais uma vez venceu uma luta com ares de controvérsia no UFC, ao bater Paulo Borrachinha no último final de semana em um combate ao qual o juízes deram como apertado mas que, para muitos, foi dominado pelo americano.

Apesar da vitória, o desempenho contra o brasileiro deixou o 'Tarzan' longe de poder retomar o cinturão dos médios do Ultimate, o colocando bem atrás dos candidatos a desafiar Dricus du Plessis. Após o UFC 302, no último sábado (1/6), o americano afirmou que 'irá esperar o tempo necessário' se tiver que passar por isso para lutar pelo título, mesmo com gente à sua frente na fila.

- Irei esperar o tempo que puder. Quero o cinturão. Quando você luta contra um dos top-10, você sempre estará a um passo de um deslize que pode te nocautear. Paguei meu preço, fiz o que fiz, fui e lutei com o Paulo. Eu não queria, mas fiz. Me dê o cinturão. Eu venci o (Israel) Adesanya e aquele f.d.p. vai lutar pelo cinturão - desabafou Strickland.

O americano também aproveitou para justificar sua posição criticando atitudes de rivais. Para 'Tarzan', muitos de seus colegas de organização acabam atrapalhando o ritmo do casamento de lutas ao ficar muito tempo longe do octógono, e isto também o faz ter que ficar 'de molho' enquanto a divisão se resolve.

- Se o UFC quiser, eu espero. O problema com esses m***, exceto o (Robert) Whittaker é que, quando eles lutam, ficam uns oito meses fora. Que p*** é essa? O que esses caras ficam fazendo esses oito meses? O que vocês ficam fazendo nesses oito meses? Aceite a luta, vá lutar! Não entendo porque esses idiotas ficam demorando tanto - afirmou.

Esporte News Mundo
Compartilhar
Publicidade
Seu Terra












Publicidade