PUBLICIDADE

Em outubro, Brasil tem mês de protagonismo no UFC com atletas nas lutas principais; veja cards

Glover Teixeira disputa o cinturão dos meio-pesados enquanto Thiago Marreta enfrenta Johnny Walker

24 set 2021 15h12
ver comentários
Publicidade

Os lutadores brasileiros serão protagonistas nos eventos principais de todos os cards do UFC no mês de outubro. Existe a possibilidade de entrar em novembro com um novo cinturão nas mãos de Glover Teixeira, o que igualaria o recorde de quatro títulos que o País já teve simultaneamente, e com atletas muito próximos de uma chance de disputar o cinturão.

"O mês de outubro vai ser muito especial para nós, com as lutas principais com atletas brasileiros e mais de 20 lutadores nacionais nos cards. Teremos, assim, um número expressivo de atletas do País em ação em um único mês, com cerca de 30% do nosso plantel atual se apresentando em outubro. É um mês de grandes eventos e grandes lutas", comemora Rodrigo Minotauro, embaixador do UFC no Brasil.

Logo no dia 2 de outubro, a luta principal será entre Thiago Marreta e Johnny Walker, um duelo de dois candidatos a disputar o cinturão. O primeiro já teve sua chance e o segundo sonha com esta possibilidade. "O mês vai começar quente com esse combate de dois atletas com boas posições no ranking da categoria meio-pesado. O Marreta é um cara que tem uma posição melhor no ranking e, apesar de vir de derrotas, lutou contra os melhores da categoria e inclusive já ganhou do atual campeão. Mas ele vai pegar um Johnny Walker ascendente, vindo de vitória", diz.

Uma semana depois, em 9 de outubro, será a primeira vez com duas mulheres do Brasil liderando um card do UFC, quando Mackenzie Dern enfrenta Marina Rodriguez. "A Mackenzie é uma super campeã de jiu-jítsu e vai pegar uma das melhores strikers da atualidade no UFC entre as mulheres. A Marina vem com vitórias expressivas na categoria e acho que essa luta pode ditar uma das futuras desafiantes ao cinturão", afirma Minotauro.

Depois, em 23 de outubro Paulo Borrachinha tem uma tarefa complicada contra o italiano Marvin Vettori. "Os dois coincidentemente perderam para o mesmo adversário, o Israel Adesanya, mas acho que essa luta pode colocá-los em uma posição estratégica para no futuro estarem brigando pelo cinturão novamente."

E no dia 30 de outubro o Brasil pode encerrar o mês com chave de ouro na principal luta do UFC 267, que será entre Jan Blachowicz e Glover Teixeira, valendo o cinturão dos meio-pesados. "Será um mês que vai colocar muitos atletas brasileiros em evidência, principalmente o Glover Teixeira, que pode se tornar campeão, e outros que vão estar no final deste mês no topo de suas categorias", explica Minotauro.

"Esse evento em Abu Dabi será a chance de o Brasil ganhar mais um cinturão. Eu acho o Glover favorito para essa luta. O Jan Blachowicz é muito bom, mas acho que o Glover leva vantagem por ter um grappling muito bom e sabe fazer uma luta agarrada melhor do que o polonês, além de ter um excelente nível. Eu acho que o Brasil pode fechar o mês de outubro em grande estilo", continuou.

Estadão
Publicidade
Publicidade