1 evento ao vivo

Aos 42, Rogério Minotouro busca redenção no UFC São Paulo

Lutador brasileiro enfrenta Sam Alvey, neste sábado, no Ginásio do Ibirapuera

22 set 2018
05h11
atualizado às 10h10
  • separator
  • 0
  • comentários

Aos 42 anos, Rogério Minotouro se sente bem para subir no octógono neste sábado, no Ginásio do Ibirapuera, para o UFC São Paulo. Ele quer usar sua experiência para colocar mais uma vitória em seu longo cartel no MMA. Vai enfrentar Sam Alvey.

"É bom lutar no Brasil, em casa, voltar para a torcida que conheço. Eu penso muito no lado positivo de estar aqui. O importante é estar preparado. Vai ser na frente da torcida brasileira, tenho muitos alunos em São Paulo, amigos, então vai ser uma situação muito boa", diz.

Rogério Minotouro na pesagem do UFC Fight Night Marreta X Anders
Rogério Minotouro na pesagem do UFC Fight Night Marreta X Anders
Foto: ROBERTO CASIMIRO/FOTOARENA / Estadão

Ele tem 22 vitórias e oito derrotas na carreira, mas acabou de sair de um período difícil, quando se machucou e foi acusado de doping. Agora, vê o retorno ao octógono como um momento de redenção.

"Eu não estou muito preso aos meus números de vitórias e derrotas. Acho que o importante é voltar a lutar. Estou treinando bem e tenho de me prender agora na oportunidade que estou recebendo", avisou.

Minotouro garante estar melhor fisicamente. Por não ser mais um garoto, passou a cuidar melhor da parte física. "Estou extremamente confiante. Não acredito que a luta vai durar todos os assaltos - três. Quero ganhar com um nocaute no segundo ou terceiro round", afirma Minotouro, otimista.

Os portões do Ginásio do Ibirapuera vão abrir para o público às 17h30 e ainda restam ingressos para o UFC São Paulo. Antes das lutas, os fãs poderão tirar fotos e pegar autógrafos com os lutadores Paulo Borrachinha e Pedro Munhoz no UFC Vila. O card preliminar está programado para começar às 19h30 e o card principal vai ocorrer a partir das 23h30.

Veja também:

UFC São Paulo tem encaradas tensas em pesagem pré-luta
Estadão
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade