PUBLICIDADE

Alan Nuguette descarta abatimento após lesão o impedir de lutar no card do UFC Vegas 41; veja

Por conta de uma lesão na retina do olho, Alan Nuguette não vai mais lutar no próximo sábado (23), no card do UFC Vegas 41, onde enfrentaria Mason Jones

19 out 2021 16h07
ver comentários
Publicidade

Escalado para enfrentar novamente Mason Jones, no card do UFC Vegas 41, que acontece no próximo sábado (23), Alan Nuguette foi obrigado a se retirar do confronto e adiar sua volta à ação. Durante a preparação para a revanche contra o galês, o peso-leve (70 kg) sofreu uma lesão na retina do olho esquerdo, que lhe impediu de se apresentar no evento deste final de semana.

Fora do UFC Vegas, Nuguette espera voltar em breve (Foto: Divulgação/Chute Boxe Diego Lima)
Fora do UFC Vegas, Nuguette espera voltar em breve (Foto: Divulgação/Chute Boxe Diego Lima)
Foto: Lance!

A lesão foi constatada pela oftalmologista Maria Lúcia Ribeca, em uma consulta de rotina, em São Paulo, antes do embarque do lutador para Las Vegas (EUA). A previsão é que Nuguette esteja apto a retornar às competições no próximo dia 6 de novembro, contanto que seja novamente avaliado e liberado por um profissional da medicina.

Apesar do contratempo, o peso-leve não se abalou e segue sua rotina de treinos na academia da equipe Chute Boxe Diego Lima - com todos os cuidados para evitar um agravamento da lesão - e torce por um breve retorno ao octógono.

- Essa palavra não existe para mim: desanimar. Porque eu estou no maior evento do mundo, eles me dão o maior suporte. Só tenho que agradecer ao UFC, ao Wallid (Ismail, empresário), que sempre está aqui me dando suporte, ao Mick (Maynard), ao Sean Shelby, ao Dana White, e a todos os envolvidos no UFC. É isso aí. Estamos treinando e vamos buscar o que é nosso em novembro - declarou Nuguette.

O combate do UFC Vegas 41 marcaria a revanche entre Alan Nuguette e Mason Jones, que se enfrentaram pela primeira vez em junho deste ano. Coincidentemente, na ocasião, o duelo terminou em 'no contest' (sem resultado), por conta de uma dedada no olho aplicada de forma involuntária pelo galês no segundo round, que impossibilitou a continuidade do brasileiro na disputa.

Lance!
Publicidade
Publicidade