5 eventos ao vivo

VAR na Série B do Brasileirão é pedido por Geninho

Lances onde dois gols do Avaí diante do Confiança foram motivo de muita reclamação por parte do treinador Azzurra

16 set 2020
16h23
  • separator
  • 0
  • comentários
  • separator

A atuação do árbitro Lucas Canetto Bellote no empate em 2 a 2 entre Confiança e Avaí em partida onde dois gols do time catarinense foram anulados deixou o técnico Geninho bastante descontente.

Além dos lances anulados do Azzurra, um dos tentos da equipe adversária e outros momentos da partida disputada na Arena Batistão renderam muitas reclamações do treinador e também um pedido específico: a implantação do sistema do Árbitro de Vídeo na Série B do Campeonato Brasileiro:

- Foi uma arbitragem confusa. O lance do Pedro Castro é nítido, ele sai de trás. Tinha dois jogadores na frente dele. Um gol muito mal anulado. No gol do Rildo pode até se contestar. A linha da TV é colocada depois do passe, e aí mostra ele à frente. Se tivesse sido no momento do passe, ele talvez estivesse em posição legal. No gol do Confiança, o primeiro, o cara que cruza estava impedido. Ainda tivemos outros lances duvidosos. A arbitragem teve influência direta no resultado, principalmente quando se erra dois, três lances capitais. Isso tem sido recorrente na Série B. Penso que deveria ser colocado o VAR para que se evite esse tipo de erro. Está na hora, para que o campeonato não dê margem a ilação, que a CBF coloque o VAR na Série B.

Apesar dos lances onde ele considera que a arbitragem errou, Geninho pontuou que viu seus comandados fazerem uma boa partida. Seja no aspecto técnico como também na atitude diante da adversidade:

- Fizemos um bom jogo. Foi um dos nossos bons jogos. Tivemos alguns momentos de queda. Tivemos um bom primeiro tempo e criamos. Começamos o segundo tempo, mas em dois vacilos tomamos dois gols. Foi nosso pior momento. Depois mandamos no jogo. Tivemos muitas chances de gols no fim. A equipe foi buscar o resultado. Se tivesse alguém que merecesse a vitória, desta vez seria o Avaí - disse o treinador, completando:

- Gostei do espírito de luta. Tomou a virada, mas teve moral para empatar e tentar a virada. Tivemos vários lances de gol. Esse é o time que eu quero, que pode até arriscar e sofrer o gol. Eu quero um time que não se acomoda com o resultado negativo. O empate pode acontecer, mas nunca será isso que vamos buscar.

Veja também:

A novela continua! Após desistir de espanhol, Palmeiras segue em busca de novo técnico
Lance!
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade