0

Segundo jogo confirma caminho positivo do Vasco, agora de Ramon

Após a vitória sobre o Macaé, o triunfo sobre o Madureira não teve o mesmo brilho, mas apresentou virtudes repetidas e um leque maior de jogadores com participação positiva

3 jul 2020
07h33
  • separator
  • 0
  • comentários
  • separator

Duas vitórias em dois jogos. Quatro gols marcados e apenas um sofrido. Apesar de não ter sido suficiente para classificar o time à semifinal da Taça Rio, o Vasco de Ramon Menezes começou inegavelmente bem. E agora precisa se aprimorar, conforme palavras do próprio treinador.

Para o início de Ramon Menezes ser melhor, só se a classificação fosse obtida (Foto: Rafael Ribeiro / Vasco da Gama)
Para o início de Ramon Menezes ser melhor, só se a classificação fosse obtida (Foto: Rafael Ribeiro / Vasco da Gama)
Foto: Lance!

- É uma construção. Muito pouco tempo de trabalho. Depois tem a busca pelo equilíbrio. Talles vem de lesão, adaptação do Benítez. (O time) vem crescendo... fixar o Henrique ali (na defesa) faz parte da ideia, mas ele também teve a chance de passar - explicou Ramon, citando, sobre o lateral, "passar" ao ataque.

O "novo Vasco" tem lado direito repleto de associações entre Fellipe Bastos, Yago Pikachu e Vinícius. O lado esquerdo, conforme o técnico explicou acima, tem Talles Magno recuperando ritmo, Benítez cada vez mais entrosado e Henrique adaptado.

O Cruz-Maltino de Ramon tem um porto seguro no ataque. Os nove gols em 13 jogos, contra adversários de diferentes níveis e em diferentes competições, mostram que a contratação do argentino foi um acerto.

A equipe de São Januário, se valendo da possibilidade de cinco substituições por jogo, valoriza o elenco. Claudio Winck e Bruno César tiveram chances, Lucas Santos participou com algum perigo e Raul deu a assistência para Cano. Se falta aprimorar, o caminho até aqui é positivo.

Veja também:

Duelo entre Fluminense e Palmeiras promete ser o destaque da rodada do meio de semana do Brasileiro
Lance!
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade