1 evento ao vivo

Paraná vai ao STJD e Paranaense pode ser paralisado

Tricolor não concorda com chaveamento do mata-mata e quer enfrentar o Rio Branco

7 abr 2017
17h34
atualizado às 18h34
  • separator
  • comentários

O Paraná protocolou no fim da tarde desta sexta-feira um mandado de garantia no Superior Tribunal de Justiça Desportiva (STJD) para enfrentar o Rio Branco nas quartas de final do Campeonato Paranaense. Líder da primeira fase, o time da capital discorda do rumo do torneio. O Cascavel, que perdeu por 5 a 0 para o Coritiba no jogo de ida, é outra agremiação que aparece como interessada.

Para o time tricolor, o regulamento não está sendo cumprido. A decisão do STJD, no "caso Getterson", foi de colocar o Leão da Estradinha, nono colocado, na fase mata-mata como quarto colocado, substituindo o rebaixado J. Malucelli, que perdeu 16 pontos por escalação irregular, e jogar contra o Londrina, da quinta posição. Entretanto, na prática, o correto - na visão do jurídico do Paraná -seria o Rio Branco enfrentar a equipe paranista, que terminou na liderança.

Apesar do pedido, Paraná garantiu presença em campo contra o Furacão, no domingo. (Fabio Wosniak/Atlético-PR)
Apesar do pedido, Paraná garantiu presença em campo contra o Furacão, no domingo. (Fabio Wosniak/Atlético-PR)
Foto: LANCE!

"Espero que o STJD reconheça esta posição e que o Paraná jogue contra o oitavo colocado da competição. O regulamento é claro em relação às regras. No momento em que ele não é respeitado, o futebol está sendo prejudicado", afirmou Leonardo Oliveira, presidente paranista, à rádio Banda B .

No início da tarde desta sexta, a Federação Paranaense de Futebol (FPF) homologou o jogo da volta entre Paraná e Atlético-PR para domingo, às 18h, na Vila Capanema, e as demais partidas. Na ida, o Furacão venceu por 1 a 0. No chaveamento à risca, o clube rubro-negro agora é o sétimo na classificação e teria que jogar contra o Coritiba, vice-líder.

No Rio de Janeiro, o pedido será analisado pelo Dr. Paulo César Salomão Filho, vice-presidente do STJD e presidente da entidade em exercício - Ronaldo Piacente, mandatário, está em viagem. Se aceitar, o Estadual será paralisado até o julgamento. Caso seja negado, os duelos seguem normalmente. A outra alternativa é não ter um parecer rápido e o torneio ficar sub judice, ou seja, o processo ainda será analisado pelo responsável do caso e aguarda um parecer final.

Os jogos ficaram dessa maneira:

Domingo
Rio Branco-PR x Londrina, na Estradinha, 16h (partida de ida)
Cianorte x Prudentópolis, no Albino Turbay, 16h
Paraná x Atlético-PR, na Vila Capanema, 18h

Quarta-feira
Londrina x Rio Branco-PR, no Estádio do Café, 20h
Coritiba x Cascavel, no Couto Pereira, 20h

LANCE!

compartilhe

comente

  • comentários
publicidade
publicidade