0

Muita chuva e pouco futebol no empate entre América-MG e Cruzeiro

O clássico ficou no 0 a 0 e as duas equipes tiveram um desempenho fraco, principalmente pelas dificuldades do campo pela chuva e com o atraso de 32 minutos para iniciar o jogo

17 fev 2019
19h35
atualizado às 19h53
  • separator
  • comentários

O clássico entre América-MG e Cruzeiro tinha tudo para ser uma grande partida, já que ambos lutavam para terminar a sétima rodada do Campeonato Mineiro na liderança da competição. Porém, a forte chuva que caiu em Belo Horizonte foi o fator preponderante para que o nível da partida não fosse elevado. O empate, 0 a 0, foi um resultado justo para um duelo de pouca qualidade.

Coelho e Raposa tiveram de superar a forte chuva que caiu em BH na tarde deste domingo, para duelarem pelo Mineiro- Dudu Macedo/Fotoarena
Coelho e Raposa tiveram de superar a forte chuva que caiu em BH na tarde deste domingo, para duelarem pelo Mineiro- Dudu Macedo/Fotoarena
Foto: Lance!

Outro fator que atrapalhou a qualidade do jogo foi o atraso de 32 minutos para o início da partida devido fortes chuvas, que deixaram o gramado impraticável para o futebol. O árbitro Ronei Cândido Alves aguardou o tempo regulamentar para começar o jogo, mas as duas equipes não conseguiram bom desempenho em campo.

O empate por 0 a 0, com poucas chances de gol para ambos os lados, gerou um prejuízo para as duas equipes. Ambos perderam a ponta da tabela de classificação e estão atrás do Atlético-MG, que venceu Tupi no sábado, 16 de fevereiro, e termina a rodada na liderança do Estadual.
Na próxima rodada, o América-MG vai a Varginha encarar o Boa Esporte, no dia 24 de fevereiro, domingo, às 17h. Já o Cruzeiro também joga no domingo, 24, mas com a URT, embalada pela ótima classificação na Copa do Brasil diante do Coritiba, às 19h, no Estádio Zama Maciel.

FICHA TÉCNICA
AMÉRICA-MG 0 X 0 CRUZEIRO


Estádio: Estádio Independência - Belo Horizonte(MG)i
Data-hora: 17 de fevereiro de 2019, às 17h
Árbitro: Ronei Cândido Alves (MG)
Assistentes: Magno Arantes Lira e Marcyano da Silva Vicente(MG)
Gols:
Cartões Amarelos: Raniel, Rafinha, Egídio, Ariel Cabra, Dedél(CRU), Juninho, Diego Jussani, Zé Ricardo, Júnior Viçosa, Jonatas Belusso(AME)
Cartões Vermelhos:
Renda e Público: R$ 72 563/ 6620 pagantes

AMÉRICA--MG: Fernando Leal; Leandro Silva, Paulão, Diego Jussani, João Paulo; Zé Ricardo, Juninho, Matheusinho (França, aos 37'-2ºT), Marcelo Toscano, Neto Berola (Felipe Azevedo- intervalo) e Júnior Viçosa(Jonatas Belusso, aos 37'-2ºT) Técnico: Givanildo Oliveira

CRUZEIRO: Fábio; Edilson, Dedé, Léo e Egídio; Henrique e Lucas Silva (Ariel Cabral, aos 19'-2ºT);Robinho, Rodriguinho e Marquinhos Gabriel(Rafinha, aos 19'-2ºT); Raniel(Sassá, aos 25'-2ºT).Técnico: Mano Menezes

Lance!

compartilhe

comente

  • comentários
publicidade