6 eventos ao vivo

Confira alguns motivos para confiar na classificação do Botafogo

Boa fase coletiva e individual,volta de João Paulo e defesa em alta são alguns dos trunfos do Alvinegro para bater o Campinense e não repetir a traumática eliminação de 2018

11 fev 2019
07h02
atualizado às 07h02
  • separator
  • comentários

As feridas da eliminação traumática do Botafogo para a Aparecidense, na primeira fase da Copa do Brasil do ano passado ainda estão abertas, mas o torcedor alvinegro tem bons motivos para acreditar que o time não repetirá essa história contra o Campinense, na próxima quarta-feira, às 21h30, na Paraíba. Eis alguns:

BOM MOMENTO COLETIVO

O lateral Jonathan é um dos que vivem bom momento (Foto: Vitor Silva/SS Press/Botafogo)

Após um mau começo de temporada, o Alvinegro se recuperou nas últimas partidas e bateu o Boavista por 3 a 0, fora de casa, e o Defensa Y Justicia por 1 a 0, na estreia do time na Sul-Americana. O bom momento coletivo também se reflete em alguns jogadores: o atacante Erik e o lateral-esquerdo Jonathan são alguns dos exemplos.

"RITMO" DE MATA-MATA

O atacante Erik marcou o gol da vitória alvinegra diante do Defensa Y Justicia (Foto: Vitor Silva/SSPress/Botafogo)

Ao contrário do rival desta quarta-feira, o Botafogo já teve um teste em partida eliminatória nesta temporada: e se saiu bem. No Nilton Santos, com um pouquinho de sofrimento, é verdade, o Alvinegro venceu o Defensa y Justicia, vice-líder do Argentino, por 1a 0. Contra os paraibanos, porém, o empate classifica o Bota após o jogo único.

CÍCERO, ERIK E JOÃO PAULO

Cícero: a cereja do bolo do Botafogo para 2019 (Foto: Divulgação)

Campeão da Copa do Brasil em 2007, o meia Cícero tem experiência na competição e pode ser o coelho da cartola do Alvinegro. Regularizado, ele pode estrear já nesta quarta-feira. A decisão está nas mãos do treinador Zé Ricardo. Já conhecido do torcedor alvinegro, o atacante Erik é outro com grandes chances de decidir para o Botafogo. "Correndo" por fora, aparece João Paulo. Em fase final de recuperação de lesão, o meia tem um gol na temporada e foi muito importante para o clube em 2017 e 2018, quando sofreu grave lesão em março.

DEFESA SEGURA

Carli, o xerifão alvinegro (Foto: Vitor Silva/SSPress/Botafogo)

Com o retorno do argentino Carli à zaga do Botafogo, o torcedor tende a ficar mais otimista: ao lado de Gabriel, com quem deve jogar na quarta-feira, ele tem dois jogos e nenhum gol "sofrido". Se isso acontecer diante do Campinense, o Glorioso garante sua vaga na segunda fase da Copa do Brasil.

RIVAL DESGASTADO

Ao contrário do Botafogo, o Campinense jogou neste fim de semana. No último domingo, o time paraibano venceu o clássico local de Campina Grande com o Treze e venceu por 1 a 0, com gol de Warlei.

Lance!

compartilhe

comente

  • comentários
publicidade