0

Com pênalti isolado no fim, Chelsea perde para o Valencia

Na estreia dos clubes na Liga dos Campeões, Rodrigo marca, espanhóis vencem os Blues por 1 a 0, em Stamford Bridge, e afastam crise

17 set 2019
18h08
atualizado às 18h36
  • separator
  • 0
  • comentários

O Futebol não tem lei. Um Valencia em crise, desde a troca conturbada de seu comando técnico, venceu o Chelsea por 1 a 0, com gol de Rodrigo, na estreia dos dois clubes pelo Grupo H da Liga dos Campeões. A equipe inglesa teve a chance de diminuir o prejuízo aos 47 do segundo tempo, mas Barkley jogou longe o pênalti marcado com o auxílio do árbitro de vídeo.

Com o resultado, a equipe espanhola fica na segunda posição da chave, liderada pelo Ajax - que venceu o Lille por três gols de diferença. 

Rodrigo marca o gol da vitória do Valencia em Stamford Bridge. (Foto: AFP)
Rodrigo marca o gol da vitória do Valencia em Stamford Bridge. (Foto: AFP)
Foto: LANCE!

INÍCIO ESPANHOL

Mesmo em meio a um ambiente conturbado, desde a demissão de Marcelino, a chegada de Albert Celades e a goleada sofrida contra o Barça, pelo Eespanhol, o Valencia começou melhor. Jogando fechado, a equipe neutralizava a posse de bola dos ingleses, e assustava nos contra-ataques. Rodrigo e Gameiro levaram perigo ao gol de Kepa.

NO RITMO DE WILLIAN

A primeira boa chegada do Chelsea veio apenas aos 31. Willian fez fila no meio-campo, passou por três, e bateu rasteiro de fora da área, tirando tinta da trave. A segunda melhor chance dos Azuis também caiu nos pés do brasileiro, que já nos acréscimos da etapa inicial, recebeu na grande área, matou no peito, e soltou a bomba para a boa defesa de Cilessen.

COM TOQUE BRASILEIRO

O segundo tempo seguiu na mesma toada. O Chelsea mostrava maior ímpeto, mas pecava em criatividade, assustando o Valencia apenas com a bola parada, em boa cobrança de falta de Marcos Alonso. O gol carecia de um toque brasileiro. Dani Parejo colocou na área, e Rodrigo, carioca naturalizado espanhol, se adiantou a zaga inglesa para abrir o placar em Stamford Bridge.

EURO-VAR

Para não estrear com derrota em casa, o Chelsea se lançou à frente em busca de reduzir o prejuízo. A pressão surtiu efeito quando, aos 47, a equipe londrina teve pênalti após toque de mão de Weiss na grande área - assinalado com o auxílio do VAR. Barkley pediu a bola para Willian, mas jogou longe, por cima do travessão do Valencia - que estreou com vitória pelo Grupo H.

Ajax não dá chances ao Lille e estreia com vitória

Com a tradicional Johan Cruyff Arena lotada, o Ajax começõu sua trajetória na fase de grupos da Liga dos Campeões com vitória. Frente ao Lille, vice-campeão francês da última temporada, o time holandês não deu chances e venceu pelo placar clássico de 3 a 0, gols de Promes, Alvarez e Tagliafico, para ser o líder do Grupo H.

Ajax venceu em casa nesta terça (Foto: AFP)
Ajax venceu em casa nesta terça (Foto: AFP)
Foto: LANCE!

NO POSTE

A primeira chance da partida na Johan Cruyff ArenA foi do Ajax, que ficou a poucos centímetros de abrir o placar quando Ziyech invadiu a área, driblou e soltou um petardo de trivela que estourou na junção do travessão com a trave, assustando o goleiro do Lille.

NA REDE

Na pressão pelo gol, o Ajax conseguiu encurralar o Lille no campo de defesa e, apesar dos espaços criados, saiu na frente graças a um gol de bola aérea. Em cruzamento de Tagliafico, Promes aproveitou a indecisão do goleiro para antecipar e testar no canto para abrir o placar aos 18 minutos de jogo.

GOLAÇO

Já no segundo tempo, o Ajax levou menos de cinco minutos para dobrar sua vantagem e ficar tranquilo na partida. Na primeira chegada perigosa da segunda etapa, aos quatro, David Neres descolou belo passe em profundidade para Alvarez invadir a área e finalizar cruzado, no ângulo do goleiro, para fazer o segundo.

TESTOU FIRME

Na marca de 17 minutos do segundo tempo, o Ajax conseguiu matar o jogo e garantir os três pontos na estreia. Em cobrança de escanteio de Ziyech, Tagliafico subiu mais alto que todo mundo para testar para as redes e sacramentar a vitória dos holandeses.

Veja também:

 

Lance!
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade