4 eventos ao vivo
Logo do Seleção Argentina
Foto: terra

Seleção Argentina

AFA e a seleção argentina são acusadas de contrabando

Segundo a Agência Tributária Argentina, a seleção teve produtos apreendidos (no valor de R$ 97 mil), depois de voltar de amistosos nos EUA. AFA se defende e nega as acuações

14 set 2018
09h09
atualizado às 15h45
  • separator
  • comentários

A AFA e a seleção argentina foram acusadas de contrabandear produtos pela alfandêga argentina. Segundo a Agência Tributária Argentina, a seleção teve equipamentos apreendidos após a volta dos Estados Unidos, depois de disputar dois amistosos, contra Guatemala e Colômbia.

Foram apreendidos equipamentos eletrônicos não declarados, brinquedos e instrumentos musicais no valor de 20 mil euros (R$). O caso foi transferido para a Fiscalização 3 na Procuradoria Econômica, que vai decidir o que vai ser feito com a mercadoria.

Alguns dos produtos apreendidos pela Agência Tributária Argentina (Foto: Reprodução)
Alguns dos produtos apreendidos pela Agência Tributária Argentina (Foto: Reprodução)
Foto: LANCE!

A AFA, através de um comunicado de imprensa, se defendeu das acusações, alegando que já "apresentou todos os papéis regulamentários para que (os produtos) possam regressar". A entidade pontuou que os produtos eram materias de videoanálise e maquinaria de kinesiologia que são utilizados para auxiliar "as partidas e o treinamento da equipe".

Segundo o portal Filo.news, entre os jogadores que estariam envolvidos na situação, encontram-se o goleiro Armani, o lateral-direito Renzo Saraiva, o volante Meza e o atacante Cristian Pavón.

Veja também:

 

LANCE!

compartilhe

comente

  • comentários
publicidade
publicidade