0

Brasileiros conquistam prata e bronze no halterofilismo do Parapan

17 nov 2011
19h58
atualizado às 23h56

O Brasil começou o halterofilismo nos Jogos Parapan-Americanos de Guadalajara com um grande resultado: duas medalhas. Nesta quinta-feira, na categoria 48 kg até 56 kg, Bruno Carra e Alexandre Gouveia conquistaram prata e bronze, respectivamente, terminando atrás apenas do cubano e recordista parapan-americano Cesar Rubio.

Veja o quadro de medalhas dos Jogos Parapan-Americanos de Guadalajara

O halterofilismo paraolímpico mistura todos os tipos de deficientes e é a única modalidade que conta com divisão por pesos. Os atletas precisam ter a habilidade para realizar um movimento válido: estender completamente os braços com menos de 20 graus de perda nos cotovelos. Os competidores ficam deitados em um banco e executam movimento definido como supino: levantam a barra com os pesos, descem-na até o peito, e a levantam novamente.

Cada atleta tem três tentativas válidas, sendo que a melhor é validada. Assim, Bruno Carra chegou a erguer 140 kg, ficando com a medalha de prata. Alexandre Gouveia foi um pouco pior e, com 132 kg, conquistou o bronze. O ouro ficou com o cubano Cesar Rubio, que quebrou o recorde parapan-americano ao levantar 151 kg.

"Desde o início do ano venho treinando pesado para essa competição e fico muito feliz com o resultado", disse Bruno Carra, satisfeito. O coordenador da Seleção Brasileira, técnico Antônio Augusto, elogiou a dupla: "nosso objetivo é superar a marca do Parapan de 2007 (cinco medalhas) e essas duas medalhas, logo no começo, impulsionam toda a equipe".

Na disputa entre atletas de 60 kg e 67,5 kg, os brasileiros ficaram no quase. Alexsander Santos levantou 170 kg e terminou com a quinta colocação, seguido de José Maria Santana, que chegou a 145 kg e ficou no sexto lugar. A medalha de ouro foi conquistada pelo colombiano Jainer Cantillo (196 kg), a prata pelo cubano Luis Perea (180 kg) e o bronze, pelo chileno Juan Carlos Garrido (165 kg).

Bruno Carra levantou 140 kg para conquistar a medalha de prata em Guadalajara
Bruno Carra levantou 140 kg para conquistar a medalha de prata em Guadalajara
Foto: Cleber Mendes / FOTOCOM.NET / CPB / Divulgação
Fonte: Terra
publicidade