PUBLICIDADE

Brasil empata no futebol feminino e vence em vários esportes

Seleção empata por 3 a 3, em Miyagi; vence no vôlei, vôlei de praia, tênis; avança na natação e Nory é eliminado

24 jul 2021 10h45
| atualizado às 11h18
ver comentários
Publicidade

Em uma das melhores partidas dos Jogos Olímpicos de Tóquio até o momento, Brasil e Holanda ficaram no empate por 3 a 3, em Miyagi, no Japão, pela segunda rodada do Grupo F do futebol feminino. Marta, Debinha e Ludmilla marcaram os gols da Seleção Brasileira, enquanto Miedema (2) e Janssen fizeram os gols das holandesas.

Marta comemora gol no empate do Brasil contra Holanda em jogo de seis gols neste sábado
Marta comemora gol no empate do Brasil contra Holanda em jogo de seis gols neste sábado
Foto: Amr Abdallah Dalsh / Reuters

Natação

O nadador Felipe Lima conquistou, neste sábado, uma vaga na semifinal dos 100 metros peito nos Jogos Olímpicos de Tóquio. O experiente atleta, de 36 anos, ficou em quarto lugar na sétima bateria, garantindo o oitavo melhor tempo, com 59s17.

Felipe Lima durante a prova dos 100m peito neste sábado em Tóquio Jonne Roriz/COB
Felipe Lima durante a prova dos 100m peito neste sábado em Tóquio Jonne Roriz/COB
Foto: Jonne Roriz / COB

A equipe brasileira de natação estreia em Tóquio já batendo recorde. Com 26 atletas, é a maior delegação do Brasil já enviada para competir em uma edição de Jogos Olímpicos fora do país. Entre os 16 homens e as 10 mulheres presentes, 10 são estreantes.

Ginástica

Esperança de medalha para o Brasil nos Jogos Olímpicos de Tóquio, Arthur Nory decepcionou. O ginasta não teve um bom desempenho na barra fixa, aparelho em que foi campeão mundial em 2019, e no solo - havia sido bronze na Rio-2016 - e ficou fora da final individual. Após falhar, ele admitiu ter competido com "medo" neste sábado, por causa das críticas que voltou a receber nas redes sociais por causa do episódio de ofensas racistas de 2015 envolvendo o também ginasta Ângelo Assumpção, que é negro.

Arthur Nory deixa Tóquio sem medalha
Arthur Nory deixa Tóquio sem medalha
Foto: Reprodução

Vôlei

A Seleção Brasileira masculina de vôlei iniciou a defesa do título olímpico, conquistado nos Jogos do Rio-2016, com oscilações e vitória na madrugada deste sábado, pelo horário de Brasília. Demonstrando certo nervosismo, o time nacional abusou dos erros no começo dos dois primeiros sets, mas se recuperou rapidamente para vencer a Tunísia por 3 sets a 0, com parciais de 25/22, 25/20 e 25/15, em sua estreia na Olimpíada de Tóquio.

Brasil oscila, mas bate Tunísia por 3 a 0 no vôlei masculino
Brasil oscila, mas bate Tunísia por 3 a 0 no vôlei masculino
Foto: Valentin Ogyrenko

Vôlei de praia

Líder no ranking mundial, a dupla Agatha e Duda estrearam com vitória nos Jogos Olímpicos de Tóquio. Nesta sexta-feira, as brasileiras enfrentaram a dupla Gallay e Pereyra, da Argentina, e fizeram 2 sets a 0 (21/19 - 21/11).

Ágatha (dir.) e Duda (esq.) são a principal esperança de medalha do Brasil no vôlei de praia
Ágatha (dir.) e Duda (esq.) são a principal esperança de medalha do Brasil no vôlei de praia
Foto: EPA / BBC News Brasil

O Brasil estreou da melhor maneira possível no vôlei de praia, modalidade que já garantiu 13 medalhas olímpicas para o País. Com jogo sério, bons bloqueios e saques bem executados, Alison e Álvaro Filho confirmaram o favoritismo e fizeram 2 sets a 0 sobre a dupla argentina formada por Azaad e Capogrosso, com parciais de 21/16 e 21/17, sob forte calor e sensação térmica de 40 graus na quadra em Tóquio.

Tênis

O tênis brasileiro estreou com vitória nos Jogos Olímpicos de Tóquio. Na chave feminina de duplas, Luísa Stefani e Laura Pigossi derrotaram as canadenses Gabriela Dabrowski e Sharon Fichman por 2 sets a 0, com parciais de 7/6 (7/3) e 6/4 em 1h33 de partida, e avançaram na competição no Japão.

Laura Pigossi  está confirmada nos Jogos Olímpicos Reprodução Twitter/@timebrasil
Laura Pigossi está confirmada nos Jogos Olímpicos Reprodução Twitter/@timebrasil
Foto: Reprodução Twitter / @timebrasil

Na manhã deste sábado, João Menezes foi derrotado de virada pelo croata Marin Cilic e deu adeus à disputa do tênis masculino nos Jogos Olímpicos de Tóquio. Em uma partida com duração de 3h23, o brasileiro caiu pelo placar de 2 sets a 1, com parciais de 6/7, 7/5 e 7/6.

João Menezes foi derrotado por Cilic na estreia dos Jogos Olímpicos de Tóquio Edgar Su/Reuters
João Menezes foi derrotado por Cilic na estreia dos Jogos Olímpicos de Tóquio Edgar Su/Reuters
Foto: Edgar Su / Reuters

Na madrugada desta sexta-feira, Thiago Monteiro foi derrotado pelo alemão Jan-Lennard Struff e está eliminado da disputa do tênis individual masculino nos Jogos Olímpicos de Tóquio. O brasileiro foi superado por 2 sets a 0, com parciais de 6/3 e 6/4.

Também na manhã deste sábado, os brasileiros Marcelo Melo e Marcelo Demoliner foram derrotados por 2 sets a 0 pelos croatas Nikola Mektic e Mate Pavic. Com parciais de 7/6 e 6/4, os europeus garantiram o triunfo em 1h37 de partida.

Tiro esportivo

Esperança de medalha para o Brasil, Felipe Wu, do tiro esportivo, não fez boa qualificatória neste sábado, deixou de avançar para a fase seguinte, e está eliminado dos Jogos Olímpicos de Tóquio. O atleta fez 9.433 pontos e ficou apenas na 32ª dentre os 36 competidores.

Felipe Wu foi eliminado no tiro esportivo neste sábado nos Jogos Olímpicos (Foto: Aline Bassi / Balaio de Ideias)
Felipe Wu foi eliminado no tiro esportivo neste sábado nos Jogos Olímpicos (Foto: Aline Bassi / Balaio de Ideias)
Foto: LANCE!

Judô

Na madrugada desta sexta-feira, Gabriela Chibana deu adeus à possibilidade de disputar uma medalha nas categoria de -48kg do judô nas Olimpíadas de Tóquio. Depois de uma vitória fulminante na primeira luta, a brasileira foi derrotada nas oitavas pela kosova Distria Krasniqi, líder no ranking mundial da categoria.

O judô brasileiro não vai disputar medalha no primeiro dia de competições nos Jogos Olímpicos de Tóquio. Depois de Gabriela Chibana ser eliminada, foi a vez de Eric Takabatake cair também nas oitavas de final na categoria até 60kg neste sábado. Ele foi derrotado pelo sul-coreano Won Jin Kim, que dominou quase todo o combate.

Hipismo

O brasileiro João Victor Oliva, filho da ex-jogadora de basquete Hortência, ficou em situação complicada na disputa por uma vaga na final do hipismo. O atleta brasileiro anotou 70,419 pontos e teve quinta melhor pontuação do Grupo A, e terá que secar os rivais da classificação geral para disputar uma medalha nos Jogos Olímpicos de Tóquio.

Tênis de mesa

O Brasil abriu as disputas do tênis de mesa com um resultado negativo. A paulista Jessica Yamada acabou derrotada neste sábado pela suíça Rachel Moret por 4 a 2, no ginásio Metropolitano de Tóquio. A brasileira lutou bastante no confronto contra a representante europeia. Porém, acabou superada com parciais de 11/6, 6/11, 11/4, 7/11, 11/6 e 14/12.
 

Jessica Yamada perde no tênis de mesa para rival da Suíça
Jessica Yamada perde no tênis de mesa para rival da Suíça
Foto: Thomas Peter

Levantamento de peso

Liberada de última hora para disputar os Jogos Olímpicos de Tóquio, a brasileira Natasha Rosa ficou em nono lugar em sua categoria, para atletas de até 49kg, no levantamento de peso na madrugada deste sábado (pelo horário de Brasília). A medalha de ouro ficou com a chinesa Zhihui Hou, que bateu três recordes olímpicos na mesma disputa.

Handebol

A Seleção Brasileira masculina de handebol perdeu para a Noruega, nesta noite de sexta-feira, em sua estreia nos Jogos Olímpicos de Tóquio. Apesar de terminar o primeiro tempo à frente no placar, o Brasil não conseguiu segurar a equipe europeia e foi derrotado por 27 a 24 . Na próxima rodada, o time brasileiro enfrenta a França, no domingo, às 21h (de Brasília).

Brasil é derrotado pela Noruega por 27 a 24 em sua estreia no handebol masculino (Daniel LEAL-OLIVAS / AFP)
Brasil é derrotado pela Noruega por 27 a 24 em sua estreia no handebol masculino (Daniel LEAL-OLIVAS / AFP)
Foto: LANCE!



 

Fonte: Equipe portal
Publicidade
Publicidade