PUBLICIDADE

Basquete masculino dos EUA perde para a França em primeiro revés olímpico desde 2004

25 jul 2021 13h22
| atualizado às 13h29
ver comentários
Publicidade

A seleção masculina de basquete dos Estados Unidos sofreu uma derrota inesperada por 83 x 76 diante da França, neste domingo, a primeira nas Olimpíadas desde 2004 e apenas a sexta na história do torneio.

Jogadores da seleção de basquete dos EUA após derrota para a França
25/07/2021
Kyle Terada-USA TODAY Network
Jogadores da seleção de basquete dos EUA após derrota para a França 25/07/2021 Kyle Terada-USA TODAY Network
Foto: Reuters

Os franceses já haviam superado os norte-americanos quando se encontraram pela última vez, nas quartas de final do Mundial de 2019, e voltaram a vencer no primeiro dia de ação na Saitama Super Arena, liderados pelos 28 pontos de Evan Fournier.

"Isso foi bom, muito bom", disse Fournier à Reuters após a partida.

Os norte-americanos começaram bem no primeiro tempo, virando o intervalo vencendo por 45 x 37 graças à intensidade defensiva, mas foram derrotados por 25 x 11 em um terceiro período desastroso para os EUA, com a França assumindo a liderança no placar.

A equipe dos EUA recuperou brevemente a liderança no quarto período, mas os franceses não desanimaram, viraram o placar novamente e conquistaram a primeira vitória olímpica contra os Estados Unidos.

Os EUA são sempre o time a ser batido no basquete. Agora, o histórico olímpico da equipe é de 138 vitórias e 6 derrotas, levando o ouro 15 vezes desde que ingressaram no programa olímpico em 1936. A equipe costuma ser mais profunda do que a de qualquer outro país, com suas estrelas da NBA .

Mas a fase recente já sugeria que chegar ao topo do pódio em Tóquio não será tão fácil como no passado, depois de derrotas em dois amistosos consecutivos neste mês, incluindo um revés surpreendente diante da Nigéria, a 22ª colocada no ranking mundial.

Os preparativos também foram prejudicados pela ausência de jogadores devido aos playoffs da NBA deste ano e pela saída tardia de alguns jogadores devido a lesões e testes positivos de Covid-19.

Reuters Reuters - Esta publicação inclusive informação e dados são de propriedade intelectual de Reuters. Fica expresamente proibido seu uso ou de seu nome sem a prévia autorização de Reuters. Todos os direitos reservados.
Publicidade
Publicidade