PUBLICIDADE

Pirlo treina e deve pegar Espanha; Itália muda para 3 zagueiros

25 jun 2013 18h07
| atualizado às 20h05
ver comentários
Publicidade
<p>Pirlo treinou ao lado dos companheiros nesta terça-feira</p>
Pirlo treinou ao lado dos companheiros nesta terça-feira
Foto: Bruno Santos / Terra

Dúvida da Itália devido a uma contratura na panturrilha direita, Andrea Pirlo deve enfrentar a Espanha, na próxima quinta-feira, pela semifinal da Copa das Confederações. O meio-campista participou de um treino físico normalmente nesta terça ao lado de seus companheiros e não aparentou dores.

Confira todos os vídeos da Copa das Confederações

A atividade desta terça, realizada no Estádio Presidente Vargas, em Fortaleza, só foi aberta à imprensa nos primeiros 15 minutos. Nesse intervalo, foi possível observar Pirlo e os demais jogadores fazendo o trabalho de aquecimento e depois um treino físico. O jogador da Juventus correu normalmente e aparentou estar recuperado da contratura que o deixou fora da partida contra o Brasil, perdida pela Itália por 4 a 2, no último sábado, na Arena Fonte Nova.

Na manhã desta terça, Pirlo também participou do ensaio tático realizado no mesmo Presidente Vargas. A sessão não foi aberta à imprensa, mas a reportagem apurou que ele treinou como titular.

Na sessão, o técnico Cesare Prandelli mudou o esquema tático para o 3-4-2-1, escalando os seguintes jogadores: Buffon, Barzagli, Bonucci e Chiellini; Maggio, De Rossi, Pirlo e Giaccherini; Marchisio e Candreva; Gilardino.

Foi estudada também a possibilidade de variação para o 3-5-2, com Candreva se juntando no ataque a Gilardino. Este é o centroavante que deve substituir Mario Balotelli, cortado da Copa das Confederações devido a uma distensão na coxa esquerda. O lateral direito Ignazio Abate também já deixou a delegação, não reunindo condições de jogo após uma luxação no ombro direito. Seu substituto é Christian Maggio.

A formação com três zagueiros foi utilizada por Prandelli no empate por 1 a 1 com a Espanha, em Gdansk, pela primeira rodada da Eurocopa de 2012. Segundo o meio-campista Claudio Marchisio, único jogador italiano a dar entrevistas nesta terça-feira, aquele jogo deve servir de exemplo para a seleção preparar o reencontro com os espanhóis, a ser realizado em Fortaleza.

Questionado sobre as condições de Pirlo, Marchisio respondeu que “Andrea é um grande profissional”. “Ele já está trabalhando no campo e quer estar (na semifinal). Cabe ao técnico decidir sobre isso”, completou.

Naquela mesma Eurocopa, as equipes voltaram a se enfrentar na final, em Kiev, com vitória por 4 a 0 a favor da Espanha. Nessa derrota, Prandelli escalou a equipe no 4-1-3-2. Na Copa das Confederações de 2013, a Itália não jogou nenhuma vez com três zagueiros – a primeira deve ser nesta quinta-feira, no Estádio Castelão.

Fonte: Terra
Publicidade
Publicidade