1 evento ao vivo
Logo do Grêmio
Foto: Edu Andrade/Fatopress / Gazeta Press

Grêmio

Cristian quer aproveitar chance no Grêmio: "Vou me doar ao máximo"

5 set 2017
17h43
atualizado às 17h43
  • separator
  • comentários

No começo da tarde desta terça-feira, no CT Luiz Carvalho, o volante Cristian foi oficialmente apresentado como novo reforço do Grêmio. O vice de futebol, Odorico Roman, e o executivo de futebol André Zanotta participaram da coletiva.

Sem entrar em campo desde janeiro, o volante demonstrou muita vontade de voltar aos gramados e ressaltou que não estava parado. "Na realidade, parado eu nunca fiquei. Eu estava treinando. Só que com horários diferentes. Eu nunca deixei de trabalhar, de cumprir o meu objetivo de treinar e trabalhar sempre. Eu também trabalhava a parte por fora. Então, praticamente eu nunca fiquei parado. Lógico que o fator bola pesa muito, mas com os trabalhos, a gente entra rapidinho em forma", observou.

O jogador até já treinou com os companheiros de equipe na segunda-feira e disse que quando soube do interesse gremista queria ir para Porto Alegre no mesmo dia. "Estou muito feliz. É um time grande, que está buscando coisas boas no Campeonato. Está disputando a Libertadores. Quando houve este interesse eu não pensei duas vezes. o André (executivo de futebol do Grêmio) me ligou e eu já queria vir no dia, mas tinha que resolver outras coisas. Eu acho que o importante é eu ajudar. Independente de onde eu for entrar, o importante é eu estar ajudando junto aos outro companheiros para a gente buscar o objetivo que todos querem", ressaltou.

Cristian vai vestir a camisa de número 66. "Meu filho me pediu. Ele gostou e me pediu", contou. O volante revelou que nunca havia ficado tanto tempo sem atuar por uma equipe e destacou que este retorno o faz sentir como um garoto das categorias de base. "Me sinto um moleque do júnior subindo para o profissional. Então, vou me doar ao máximo. Vou agarrar essa oportunidade que o Grêmio me deu. Espero conseguir fazer tudo que consegui fazer em outros clubes aqui no Grêmio também", disse.

Apesar de se sentir um "moleque", o volante de 34 anos que aproveitar a oportunidade para mostrar no Grêmio toda experiência que possui no futebol. "Importante é ajudar. O Campeonato está em aberto e ainda tem a Libertadores. A gente pode ajudar de alguma maneira. O importante é estar focado com o que o grupo quer. E com certeza eu estou aqui para ajudar. O importante é a gente continuar fazendo a nossa parte. Buscando os três pontos sempre e pensar apenas na gente. Se fizermos o nosso trabalho as coisas vão acontecer naturalmente", afirmou.

Gazeta Esportiva Gazeta Esportiva

compartilhe

comente

  • comentários
publicidade
publicidade