0

Técnico brinca com torcida do Brasil: "não gostam da Grécia"

28 jun 2014
20h48
atualizado às 21h13
  • separator
  • comentários

A Arena Pernambuco recebe neste sábado o duelo entre Costa Rica e Grécia, pelas oitavas de final da Copa do Mundo. A julgar pela recepção inicial e pelo que vem ocorrendo no Mundial do Brasil, a torcida da casa deve ser mais favorável aos costarriquenhos, assim como houve com outros times latino-americanos. Isto, porém, não preocupa o português Fernando Santos, que comanda a Grécia.

Fernando Santos comanda a Grécia na Copa do Mundo
Fernando Santos comanda a Grécia na Copa do Mundo
Foto: Brian Snyder / Reuters

Quer acompanhar as notícias e jogos da sua seleção? Baixe nosso app. #TerraFutebol

O treinador lembrou que nas partidas da primeira fase da Copa - contra Japão, Colômbia e Costa do Marfim - já enfrentou pressão dos torcedores brasileiros, e mesmo assim a seleção grega se classificou ao mata-mata. Isto também fez com que o técnico divagasse de forma bem humorada sobre o fato de que os brasileiros não se mostraram favoráveis aos helênicos.

"Temos que vencer a Costa Rica, não o público. Temos que nos preocupar em vencer a equipe da Costa Rica. É natural que tenha mais torcedores para eles, mas também é questão de que o povo brasileiro quer apoiar os latino-americanos, mas isso é normal. Não sei porque não gostam da Grécia, mas essa é outra questão", disse Santos.

"Temos que aceitar com naturalidade. É uma opção. Tivemos três jogos com essas características, e espero que consigamos ir para mais um depois deste. Naturalmente respeito isso", completou o treinador da Grécia.

Costa Rica x Grécia será o último jogo da Arena Pernambuco na Copa do Mundo. O colombiano Jorge Luís Pinto, que comanda os costarriquenhos, já admitiu que espera apoio do torcedor brasileiro e afirmou que Recife é como uma casa para sua seleção.

Fonte: Terra

compartilhe

comente

  • comentários
publicidade