3 eventos ao vivo

Willian agradece apoio de Cuca em fase difícil e quer afastar pressão

19 jun 2017
08h05
atualizado às 08h05
  • separator
  • comentários

A primeira vitória do Palmeiras fora de casa, neste domingo, contra o Bahia, na Arena Fonte Nova, renovou as esperanças da torcida alviverde em uma campanha vitoriosa do Verdão no Campeonato Brasileiro. A confiança do elenco, porém, nunca foi abalada muito graças ao técnico Cuca, que recebeu elogios do atacante Willian, autor do golaço que fechou o triunfo por 4 a 2.

"O Cuca foi muito feliz de confiar no grupo, acreditar que estamos em uma crescente, mesmo tendo perdido quatro partidas em sete. Mas ele passou confiança ao elenco nesse momento de pressão externa, até pela qualidade do grupo, porque a torcida tem expectativa de que a gente brigue lá em cima. Infelizmente iniciamos mal, mas acredito que mostramos a força do grupo, com garra, entrega, fazendo um grande jogo", disse o Bigode.

Após a derrota para o Santos, no último meio de semana, Cuca defendeu a atuação do Palmeiras frente ao Peixe, destacando a postura da equipe de buscar o resultado até o final e as chances criadas. O resultado contra o rival foi o quarto negativo em apenas sete jogos, o que fez a pressão se tornar ainda maior para a equipe conquistar uma vitória frente ao Bahia.

Com o resultado positivo frente ao Tricolor, o Verdão já almeja coisas maiores do que deixar o final da tabela do Brasileirão para trás. O Verdão agora é o 12º colocado com 10 pontos, e Willian já pensa em alcançar os primeiros colocados do torneio, até para disputar com mais tranquilidade os principais torneios do ano.

"Essa pressão é normal. Quem criou isso foi muito mais a própria imprensa e os torcedores pela equipe que se montou. Criou-se uma expectativa de ser campeão de tudo, mas sabemos que futebol é na prática, do outro lado tem 11 jogadores que também querem vencer, fazer o seu melhor".

"O Palmeiras é o atual campeão brasileiro, se fortaleceu, montou um time qualificado, competitivo e está trabalhando. Mas é muito difícil, com todo respeito às outras equipes, todos querem vencer o Palmeiras, é um jogo diferente. Estamos cientes disso, e sabemos que começamos mal, mas hoje começou a arrancada para virem as vitórias, e a gente almeja G4 e G6 para jogar mais tranquilo, com mais confiança, até porque temos mais duas competições de mata-mata que também queremos chegar, que são Libertadores e Copa do Brasil", finalizou o atacante.

Gazeta Esportiva Gazeta Esportiva

compartilhe

comente

  • comentários
publicidade
publicidade