0

Tite vê sauditas 'rompendo linhas' e prevê bom teste para o Brasil

Seleções se enfrentam nesta sexta-feira, às 15h, no estádio da Universidade King Saud

12 out 2018
05h11
atualizado às 05h11
  • separator
  • comentários

O técnico Tite acredita que o amistoso desta sexta-feira, em Riad, contra a Arábia Saudita, às 15h (de Brasília), no estádio da Universidade King Saud, vai oferecer um grau de dificuldade interessante à seleção brasileira, apesar de o adversário ser considerado inexpressivo no cenário mundial - 71.º no ranking da Fifa de setembro.

Para o técnico, o time saudita poderá exigir mais do Brasil do que EUA (2 a 0) e El Salvador (5 a 0), os dois primeiros jogos da seleção após cair nas quartas da Copa, na qual foi eliminada pela Bélgica com derrota por 2 a 1.

"A Arábia é uma equipe móvel, de qualidade de passe, não é um time estático, pragmático, isso gera grau de dificuldade maior. Ela rompe linhas. Teremos de nos adaptar às suas características", comentou. "Ela me dá oportunidade de conhecer atletas diferentes, com estruturas táticas diferentes."

Tite enfatizou a necessidade de o Brasil não apenas confirmar seu favoritismo, mas ter uma boa atuação. A mesma meta é fixada para o jogo diante da Argentina, na terça, em Jeddah, também na Arábia Saudita. "Eu sou um cara meio sonhador. Gosto de convencer para vencer. Sempre é uma coisa muito ilusória, o resultado pelo resultado. Sei que tenho de ganhar, mas a Arábia Saudita também quer ganhar. Eu me atenho a um grande trabalho individual e coletivo. É um pouquinho poético, mas é como vejo futebol."

Ao ser questionado se ficou mais aliviado com o fato de a eliminação no Mundial ter tirado um pouco daquela áurea de "técnico perfeito", Tite garantiu que não achava que poderia merecer esse estereótipo. E lembrou que nem sempre consegue manter a calma em campo. "Eu não me considerava assim, me incomodava, tem dias que sou insuportável. Vencer ensina e perder ensina."

Tite vai escalar Gabriel Jesus contra os sauditas para usar Firmino diante dos argentinos. Ele valoriza o jogador do City, mas sabe que o atacante do Liverpool está melhor

FICHA TÉCNICA

ARÁBIA SAUDITA X BRASIL

ARÁBIA SAUDITA - Al Owais; Al Mowalad, Omar Hawsawi, Al-Burayk e Al-Shahrani; Kanno, Otayf, Al-Mogahwi, Al-Faraj e Al-Hehri; Al-Dawsari. Técnico: Juan Antonio Pizzi.

BRASIL - Ederson; Fabinho, Pablo, Marquinhos e Alex Sandro; Casemiro, Fred e Renato Augusto; Philippe Coutinho, Gabriel Jesus e Neymar. Técnico: Tite.

ÁRBITRO - Danny Makkelie (HOL).

LOCAL - Estádio King Saud, em Riad.

TRANSMISSÃO - Globo e SporTV.

Estadão

compartilhe

comente

  • comentários
publicidade
publicidade