9 eventos ao vivo

Técnico da Croácia descarta favoritismo contra a Dinamarca: 'Temos 50% de chance'

Zlatko Dalic afirma que ter apresentado bom futebol não garante nada nas fase de mata-mata

28 jun 2018
13h48
  • separator
  • comentários

O técnico Zlatko Dalic afirmou que não vê a Croácia favorita na partida de oitavas de final contra a Dinamarca, às 15 horas (de Brasília) deste domingo, em Nijni Novgorod. A seleção croata chega à fase de mata-mata da Copa do Mundo após três vitórias no Grupo D, sobre Nigéria, Argentina e Islândia, mas o treinador não se ilude com estes triunfos obtidos na primeira fase da competição.

"A Dinamarca tem um time forte. Nós não somos favoritos, cada seleção vai ter 50% de chance cada. Nós passamos de fase e esse era nosso objetivo, mas não pode ser o suficiente para nós. Meus jogadores querem mais. Temos qualidade para alcançar um resultado ainda maior, mas devemos atuar bem de novo", afirmou o treinador croata em coletiva de imprensa concedida nesta quinta-feira, em Roshchino.

Dalic sabe que a Croácia apresentou um bom futebol na Copa até o momento, mas diz que isso não é garantia de sucesso na fase eliminatória. "Nós estamos jogando bem neste Mundial. Ganhamos da Argentina, mas agora temos de esquecer isso. Será um novo começo agora", afirmou o técnico, com menção aos 3 a 0 aplicados na seleção comandada por Jorge Sampaoli, na última quinta-feira, em Nijni Novgorod.

Sobre a expectativa para o duelo contra a seleção dinamarquesa, Dalic espera uma equipe adversária parecida com a Islândia, derrotada pela Croácia na última rodada do Grupo D. Na terça-feira, em Rostov, os croatas venceram o duelo pelo placar de 2 a 1.

"Espero uma partida dura contra a Dinamarca. O estilo de jogo deles é semelhante ao da Islândia, mas com um time melhor. Vai ser um encontro de duas formas diferentes de atuar. Minha fé nos meus jogadores é ilimitada", disse Dalic, que está à frente da seleção desde 2017.

Estadão Conteúdo

compartilhe

comente

  • comentários
publicidade
publicidade