PUBLICIDADE

Mundial de Clubes

Manchester City x Fluminense: onde assistir, local e horário da final

Flu e City entram em campo com as filosofias de seus treinadores: Fernando Diniz e Pep Guardiola, para conquistar um título inédito

19 dez 2023 - 16h51
(atualizado às 16h51)
Compartilhar
Exibir comentários
John Kennedy marca segundo gol do Fluminense (FOTO: MARCELO GONÇALVES / FLUMINENSE F.C)
John Kennedy marca segundo gol do Fluminense (FOTO: MARCELO GONÇALVES / FLUMINENSE F.C)
Foto: MARCELO GONÇALVES / FLUMINENSE F.C / Divulgação

A final do Mundial de Clubes 2023 será na sexta-feira, 22, às 15h (de Brasília), em Jidá, na Arábia Saudita e marca o confronto entre Fluminense e Manchester City, com as filosofias de seus treinadores: Fernando Diniz e Pep Guardiola.

Fluminense está garantido na decisão após ter batido o Al Ahly, na última segunda-feira, 18, por 2 a 0, com gols marcados por Jhon Arias e John Kennedy. No dia seguinte, o Manchester City passoy pelo  Urawa Reds, confirmando seu favoritismo. 

Onde assistir 

A transmissão do Mundial de Clubes acontece através da TV Globo, em canal aberto. Pela primeira vez em sua história a emissora carioca passou os dois confrontos semifinais. Pela internet, o confronto pode ser acompanhado pela CazéTV, Globoplay e Fifa+. 

Copa Intercontinental: Conheça o torneio anual que substituirá o Mundial de Clubes Copa Intercontinental: Conheça o torneio anual que substituirá o Mundial de Clubes

Final do Mundial de Clubes 2023

  • Local: Jidá, Arábia Saudita
  • Data e horário: 22 de dezembro de 2023, às 15h (de Brasília)

Como o Flu chegou na final 

O Fluminense superou o clima hostil do estádio King Abdullah, em Jeddah, onde a torcida adversária era maioria, e manteve vivo o sonho de conquistar o Mundial de Clubes ao vencer o Al-Ahly, do Egito, por 2 a 0, nesta segunda-feira.

Diante de um público de quase 35 mil pessoas, entre elas tricolores que enfrentaram os valores altíssimos de viagem e ingresso, o time comandado por Fernando Diniz se colocou na decisão graças a um pênalti convertido por Jhon Arias e a um chute preciso de John Kennedy, o herói da Libertadores, aos 45 do segundo tempo.

Fonte: Redação Terra
Compartilhar
Publicidade
Publicidade