PUBLICIDADE

EUA vencem revanche contra Japão e são tricampeões mundiais

5 jul 2015 23h45
| atualizado em 6/7/2015 às 07h52
ver comentários
Publicidade

Quatro anos após a derrota para as japonesas na Copa do Mundo feminina de 2011 nos pênaltis, a seleção dos Estados Unidos voltou a colocar as mãos no título. Em jogo recheado de gols, as americanas venceram por 5 a 2, com direito a quatro dos seus gols marcados nos 20 primeiros minutos da etapa inicial. Esse é o terceiro título mundial do país, que não vencia desde 1999.

A partida começou agitada, e a chuva de gols americanos se deu logo no início. Aos 3min do primeiro tempo, a bola já estava no fundo das redes da goleira Kaihori, em chute de dentro da pequena área de Lloyd após uma jogada ensaiada de escanteio. Pouquíssimo tempo depois, aos 5min, a mesma Lloyd aumentou o placar, pegando o rebote de falta cobrada por Johnston.

Carli Lloyd fez três gols na final, foi coartilheira e eleita a craque do Mundial
Carli Lloyd fez três gols na final, foi coartilheira e eleita a craque do Mundial
Foto: Mike Hewitt / Fifa/Getty Images

Relembrando os 7 a 1 sofridos de maneira rápida pelo Brasil contra a Alemanha, na semifinal da Copa do Mundo de 2014, os Estados Unidos ampliaram a vantagem aos 14min de partida. Holiday foi o nome da vez, marcando de voleio. Lloyd ainda voltou a marcar, aos 16min da primeira etapa, em golaço chutando do meio-campo, aproveitando a posição adiantada da goleira japonesa.

O jogo já estava praticamente decidido, mas o Japão ainda marcou aos 27min do primeiro tempo, que terminou sem mais gols. Na volta do intervalo, Johnston marcou contra sua própria seleção, aos 7min da segunda etapa, diminuindo a vantagem para a 4 a 2. A alegria e possível esperança japonesas duraram pouco, e Heath sacramentou a vitória das americanas dois minutos depois, finalizando o placar em 5 a 2 no Estádio BC Place, em Vancouver, Canadá.

 

Gazeta Esportiva Gazeta Esportiva
Publicidade
Publicidade