0

Bruno Silva admite propostas, mas reitera desejo de ficar no Botafogo

4 dez 2017
20h53
atualizado em 5/12/2017 às 07h48
  • separator
  • 0
  • comentários

O meio-campista Bruno Silva foi um dos destaques do Botafogo em 2017. Ainda assim, foi um dos mais criticados no fim da temporada, com a queda de rendimento do time, que acabou fora da zona de classificação à próxima Libertadores.

Presente em evento da CBF que premiará os melhores do Campeonato Brasileiro, o jogador falou com a imprensa e comentou a reta final abaixo do esperado do time de Jair Ventura e as críticas ao seu desempenho.

"Tem que cobrar de mim, do Roger, não dos meninos. A gente criou esta expectativa. Não faltou vontade, a gente queria estar na Libertadores. Eu entendo a crítica, a cobrança, não tenho mágoa, sou muito grato ao Botafogo", destacou.

Sobre a possibilidade de deixar o Rio de Janeiro em 2018, Bruno admitiu contatos de outros clubes, com o Cruzeiro como principal candidato, além do Internacional, que busca reforçar o elenco para o ano em que retorna à elite. Apesar disso, o atleta reiterou que ficar no Botafogo é sua intenção.

"Meu empresário está conversando com o pessoal do Cruzeiro, já falou com o Botafogo também. Deixo na mão dele, quero descansar, foi um ano desgastante. Tenho contrato até o fim do ano que vem, pretendo cumprir. Vou deixar na mão do meu empresário e do Botafogo", explicou.

Aos 31 anos, Bruno Silva viveu um de seus melhores anos no futebol brasileiro, sendo uma das referências do clube de General Severiano no ano em que a equipe foi às quartas da Libertadores e à semifinal da Copa do Brasil, além de ter permanecido na parte de cima da tabela do Brasileiro na maior parte da competição, apesar do término em décimo.

Gazeta Esportiva Gazeta Esportiva
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade