PUBLICIDADE

Com respaldo da Uefa, Shakhtar diz que Ucrânia tem segurança

22 jul 2014 09h49
| atualizado às 10h51
ver comentários
Publicidade
Sergei Palkin citou quatro cidades ucranianas liberadas pela Uefa
Sergei Palkin citou quatro cidades ucranianas liberadas pela Uefa
Foto: Shakhtar / Divulgação

Enquanto tem afastados seis jogadores, sendo cinco brasileiros, o Shakhtar Donetsk informou oficialmente que recebeu respaldo da Uefa. Nesta terça-feira, o clube ucraniano anunciou que há quatro cidades descritas como seguras para treinar e jogar pela entidade que rege o futebol europeu. 

Segundo o CEO do Shakhtar, Sergei Palkin, o documento será encaminhado para os jogadores Dentinho, Alex Teixeira, Fred, Douglas Costa, Ismaily e ainda o argentino Facundo Ferreyra. O informe da Uefa também dá apoio jurídico ao clube ucraniano para exigir o retorno do sexteto. No último domingo, após pré-temporada na França, eles se recusaram a retornar ao futebol europeu.

Abaixo, confira na íntegra a carta publicada por Sergei Palkin, CEO do Shakhtar:

O estresse imediato que afeta a segurança dos jogadores é a maior prioridade do clube. Shakhtar vai montar sua base, treinar e jogar somente nas cidades onde a segurança da equipe seja garantida. Naturalmente, ninguém vai levar os jogadores para lugares onde há atividades de combate em curso ou qualquer pista de insegurança. Como aconteceu no caso de nossos jogadores, que decidiram não retornar ao território ucraniano, citando medo por suas vidas e saúde, nós consultamos a Uefa e recebemos documentos relevantes. 

Eles confirmaram oficialmente a lista de cidades ucranianas onde, no ponto de vista da Uefa, há todas as condições para a realização de jogos de alto nível em segurança. Vamos levar isso como um guia para nosso trabalho futuro. Uefa recomendou a nossos jogadores que deixaram o time para retornar o mais rápido possível. Vamos encaminhar, claro, as cópias desses documentos aos jogadores e seus agentes. 

Esses são os lugares onde há jogos autorizados de Liga dos Campeões e Liga Europa. Há quatro cidades no momento: Kiev, Lviv, Dnipropetrovsk e Odesa. Estamos estudando os prós e contras de cada opção e ponderamos onde o Shakhtar vai se basear. Mas em qualquer caso será uma das cidades designadas. 

De fato, vamos considerar a cidade que mais se adequar a nós. Nós até fizemos alguns trabalhos preparatórios para assegurar que o time pode se hospedar por lá, preparando para nossos jogos como mandantes. Mas, infelizmente, Kharkiv não entrou na lista da Uefa para receber as competições europeias. Se isso acontecer, vamos reconsiderar nossa opção. 

No futuro próximo, vamos informar imediatamente ao público sobre a decisão do nosso clube. Ao mesmo tempo, quero novamente passar novamente para a atenção de todos o fato de que o Shakhtar vai definitivamente treinar e jogar como mandante exclusivamente nas cidades reconhecidas como seguras pela Uefa. 

Fonte: Terra
Publicidade
Publicidade