PUBLICIDADE
Logo do

Corinthians

Meu time

Jadson aconselha Dentinho a não sair brigado do Shakhtar

3 jul 2015 19h12
| atualizado às 21h00
ver comentários
Publicidade

Dentinho tenta a sua liberação do Shakhtar Donetsk para defender o Corinthians, mas o clube ucraniano não tem como praxe facilitar a saída de seus jogadores. Jadson, que defendeu a equipe do leste europeu por quase sete anos, aconselhou o atacante sobre como conversar com os dirigentes.

"Falei para ele não tentar sair brigado de lá. Porque os ucranianos, quando isso acontece, parece que prendem lá, de birra. Vamos ver se ele consegue resolver", afirmou o meia, que conseguiu convencer o clube a deixá-lo ir ao São Paulo, em 2012, pelos serviços prestados.

Jadson teve passagem marcante pelo Shakhtar Donetsk
Jadson teve passagem marcante pelo Shakhtar Donetsk
Foto: Alexander Khudoteply / Getty Images

A situação é bem diferente com Dentinho. Se Jadson marcou época no Shakhtar, chegando a fazer gol do título em uma Copa da Uefa, o atacante fez muito pouco desde que deixou o Corinthians, em 2011. Foram impressionantemente apenas seis marcados de lá para cá.

O jogador visitou o centro de treinamento alvinegro há pouco tempo e, além de papear com ex-companheiros, chegou a usar as instalações para manter a forma. Na sequência, tendo acertado com a diretoria as bases de uma eventual transferência, viajou para fazer sua pré-temporada e tentar a liberação, via rescisão contratual ou empréstimo.

Tite evita comentar sobre seleção: "soaria oportunista":

Os dirigentes do Corinthians apenas aguardam e dizem não ter nenhuma novidade em relação à possibilidade de contar com seu velho camisa 31, hoje com 26 anos. O maior esforço é na tentativa de contratar Teófilo Gutiérrez, do River Plate, mas a negociação está complicada.

Brasileirão: veja os gols de Corinthians 2 x 0 Ponte Preta:
Gazeta Esportiva Gazeta Esportiva
Publicidade
Publicidade