PUBLICIDADE

Torcedores de Liverpool e Real Madrid se espalham por Paris e capital francesa vive clima de festa

Decisão da Liga dos Campeões entre ingleses e espanhóis acontece neste sábado, no Stade de France

27 mai 2022 16h17
| atualizado às 16h17
ver comentários
Publicidade

A menos de 24 horas da decisão da Liga dos Campeões, as ruas de Paris já respiram futebol e dimensionam o tamanho do jogo deste sábado. Isso porque os milhares de torcedores do Liverpool e do Real Madrid já começaram a tomar os bares, cafés e locais públicos da cidade. A capital francesa não era a primeira opção para sediar a decisão. Ela foi escolhida depois que a Rússia declarou guerra contra a Ucrânia, porque a cidade-sede era São Petersburgo. Foi uma punição ao presidente Putin.

Paris mudou. Basta andar por algumas quadras para ver que o turismo nesses dias ganhou outra cara e outra voz. Se normalmente o que se vê são pessoas vestindo as tradicionais boinas negras para tirar uma foto ao pé da Torre Eiffel, a partir desta sexta-feira, ou antes até, a cidade foi tomada por pessoas usando camisas de futebol, do Arco do Triunfo até as proximidades do Moulin Rouge.

Como Juan Manoel, que veio de Sevilla, na Espanha, com a namorada e passeava pela manhã pela orla do Rio Senna, ao lado da Torre Eiffel, com uniforme, cachecol e bandeira do Real Madrid em punho. Entradas para o jogo, Juan Manoel não conseguiu, mas como muitos outros torcedores, veio acompanhar o duelo em uma das fan fest organizadas pela Uefa.

"É muito complicado porque o Liverpool é um grande clube, um dos maiores do mundo. Junto com o Real Madrid e com o Milan, são os três clubes que mais Copas têm na Europa. Vai ser muito difícil, mas o Real Madrid tem algo mágico que acredito que poderá fazer com que ganhemos", diz o espanhol sobre suas expectativas para o jogo, marcado para começar às 16h de Brasília.

Não muito longe dali, na região do Champs Elysée, um grupo almoçava vestindo as cores do Liverpool em companhia de um "inimigo" madrilenho. Ben Sadeland diz que veio da região noroeste de Londres e que acaba de conhecer o grupo com quem compartilha a mesa.

Ele chegou a Paris na quinta-feira, ficará na cidade até domingo à noite e já tem entrada garantida. Diz estar confiante que o 'Red' passará fácil pela equipe de Ancelotti. "Eu acho que a gente vai ganhar fácil, para ser honesto", diz sorrindo. Ele brinca: "já que estamos aqui, temos de pensar positivo."

Na outra ponta da cidade, no boêmio bairro de Montmartre, bem ao lado do famoso Moulin Rouge e a metros do café Deux Moulins, que ficou conhecido pelo filme "O Fabuloso Destino de Amélie Poulain", um grupo de ingleses decreta que Paris já é uma festa.

Entoando cânticos tradicionais de seu time e imprimindo a típica energia, por vezes exacerbada, pela qual a torcida inglesa é conhecida, os torcedores pedem passagem ao silêncio necessário para ouvir os guias turísticos que conduzem seus passeios por ali. Neste fim de semana, quando, além da Liga dos Campeões, acontece na cidade o tradicional torneio de tênis de Roland-Garros, Paris se transforma na capital mundial do esporte.

Estadão
Publicidade
Publicidade