PUBLICIDADE

Dinamarca vence a República Tcheca e vai à semi da Eurocopa

Dinamarqueses abrem o placar no início da partida, ampliam com Dolberg no final da primeira etapa, sofrem pressão e gol no segundo tempo, mas seguram o resultado

3 jul 2021 14h58
| atualizado às 15h23
ver comentários
Publicidade

A Dinamarca derrotou a República Tcheca por 2 a 1 e está na semifinal da Eurocopa. A equipe de Kasper Hjulmand marcou os dois gols na primeira etapa, mas sofreu com Schick, artilheiro da competição, no início do segundo tempo. Após as substituições, os nórdicos voltaram a ter o controle da partida e conquistaram grande resultado.

Thomas Delaney comemora classificação da Dinamarca
Thomas Delaney comemora classificação da Dinamarca
Foto: Naomi Baker / Reuters

Agora, os dinamarqueses aguardam o vencedor do duelo entre Inglaterra x Ucrânia, ainda neste sábado, às 16h, em Roma, para saber quem irá encarar no duelo decisivo pela semifinal. A partida está marcada para quarta-feira, 16h, em Wembley.

Início Animado

Logo aos quatro minutos de jogo, Delaney aproveitou cobrança de escanteio e livre de marcação abriu o placar de cabeça para a Dinamarca. Aos 16, o autor do primeiro gol recebeu cruzamento do lado direito e quase da marca do pênalti pegou mal na bola e finalizou pela linha de fundo. Aos 21, a República Tcheca chegou bem pela primeira vez com Holes sendo encontrado pelo lado esquerdo da área e batendo para defesa de Schmeichel.

Mais pressão

A Dinamarca não tomou conhecimento do adversário e seguiu pressionando os tchecos. Aos 37, Damsgaard foi enfiado pelo lado direito e enfiou um petardo na bola para ótima defesa de Vaclik. Minutos mais tarde, a equipe de Kasper Hjulmand ampliou o placar após lindo cruzamento de Maehle de trivela do lado canhoto para Dolberg chegar completando e anotar seu terceiro gol nesta Eurocopa.

Reação tcheca

No primeiro minuto da segunda etapa, a República Tcheca chegou duas vezes com perigo. Na primeira, Krmencik encontrou espaço de fora da área e chutou para defesa de Schmeichel. No seguinte, Barák aproveitou bola sobrada dentro da área e mandou de primeira para outra ótima intervenção do dinamarquês. Aos três minutos, Schick recebeu cruzamento da direita e mandou no cantinho para diminuir o placar.

Controle do jogo

Após forte pressão inicial, os tchecos não conseguiram manter o volume de jogo e a Dinamarca mudou. Poulsen, que entrou na segunda etapa, quase ampliou o marcador aos 32 após receber passe da entrada da área e finalizar de primeira para boa defesa de Vaclik. Aos 36, o centroavante deixou Maehle na cara do gol, mas o meia finalizou em cima do goleiro.

Lance!
Publicidade
Publicidade