PUBLICIDADE

Espanha bate Suíça nos pênaltis e está na semifinal da Euro

Espanha saiu na frente no início da partida, Suíça buscou o empate na segunda etapa e segurou a pressão na prorrogação com um jogador a menos

2 jul 2021 15h46
| atualizado às 15h56
ver comentários
Publicidade

A Espanha está na semifinal da Eurocopa. Apesar da grande atuação de Sommer, goleiro da Suíça nos 120 minutos garantindo o empate por 1 a 1, a Espanha derrotou a adversária por 3 a 1 na disputa de pênaltis. A equipe de Luis Enrique saiu na frente com gol contra de Zakaria, fez um segundo tempo ruim e sofreu o empate. Na prorrogação, a campeã do mundo de 2010 pressionou, mas não mexeu no marcador.

Primeira etapa morna

Logo aos sete minutos, a Espanha começou com tudo e abriu o placar após Alba aproveitar cobrança de escanteio para fora da área, finalizar de primeira e contar com desvio em Zakaria para balançar o marcador. Aos 25, em cobrança de escanteio, Azpilicueta conseguiu se desmarcar e cabeceou para defesa segura de Sommer. A Suíça não levou perigo.

Espanha bate Suíça nos pênaltis e está na semifinal da Euro
Espanha bate Suíça nos pênaltis e está na semifinal da Euro
Foto: Maxim Shemetov

Acordou no segundo tempo

Após um primeiro tempo fraco, a Suíça conseguiu chegar com mais perigo no ataque na segunda etapa. Aos 10, Zakaria recebeu cruzamento após escanteio e mandou de cabeça com muito perigo pela linha de fundo. Aos 18, Zuber recebeu passe pelo lado esquerdo da área e finalizou para Unai Simón realizar sua primeira defesa.

Na raça

Após a pressão, a Suíça conseguiu igualar o marcador aos 22 minutos após bate rebate entre os zagueiros da Espanha, a bola sobrou nos pés de Freuler, que rolou para Shaqiri tirar do goleiro e balançar as redes. No entanto, dez minutos mais tarde, o garçom do gol de empate foi expulso após dura entrada de carrinho em Moreno. Com o empate no tempo regulamentar, a partida foi para a prorrogação.

Sommer é o nome dele

Nos primeiros 15 minutos de prorrogação, só a Espanha jogou. Aos cinco, Alba encontrou espaço de fora da área e finalizou para o goleiro mandar para escanteio. Aos 10, Moreno aproveitou longo lançamento e ficou cara a cara com Sommer para outra ótima intervenção. Aos 13, foi a vez de Oyarzabal bater da intermediária e o suíço fazer um milagre para impedir o segundo gol adversário. No segundo tempo, a Suíça resistiu a pressão.

Lance!
Publicidade
Publicidade