PUBLICIDADE

Futebol Internacional

Casemiro revela bastidores com Ancelotti antes de saída do Real Madrid: 'Estava chorando'

Em entrevista, o volante do Manchester United contou sobre passagem icônica na Espanha

19 abr 2024 - 11h30
Compartilhar
Exibir comentários

No seu segundo ano após sair do Real Madrid, Casemiro, em entrevista ao programa de TV espanhol "El Chiringuito de Jugones", comentou pela primeira vez sobre os bastidores da transferência para o Manchester United e como encontrou Carlo Ancelotti chorando em seu escritório após a confirmação da saída.

Foto: Lance!

- Só tive dúvidas uma vez de trocar o Real Madrid pelo Manchester United. Era uma sexta-feira e já estava tudo certo. Só faltava assinar. Vou falar com o Ancelotti e ele já sabia que eu estava saindo. Entrei no escritório dele, ele se virou e estava chorando. Carlo me disse que não queria que eu fosse embora, que ele me amava muito... Mas já tinha dado a minha palavra ao United - afirmou Casemiro, em entrevista.

O volante brasileiro aproveitou para comentar sobre a força dos Merengues na Champions League após classificação da equipe sobre o Manchester City nas quartas de final da competição, nos pênaltis. O time da capital espanhola sofreu pressão dos ingleses em grande parte do jogo e passaram para as semifinais, mesmo fora de casa.

- É difícil explicar. É um time que se transforma na Champions League. Tem aquela estrela. Esse time na Champions é algo incrível. O DNA é vencer. Sim, você "só ganha a Liga", por que não ganhou a Champions. É assim. A exigência não te esgota, você sempre tem que buscar mais. É assim que é jogar no Madrid - acrescentou.

Casemiro jogou oito temporadas nos Blancos e foi peça fundamental da geração vencedora, conquistando cinco Champions Leagues, três Campeonatos Espanhóis, além de outros títulos. O jogador também falou que acabou decidindo rumar à Inglaterra por acreditar que seu ciclo na Espanha havia terminado.

- Decidi sair um pouco depois de vencer a Liga dos Campeões. Vi que minha passagem pelo Madrid havia acabado, estava em boa idade para sair, queria continuar crescendo. Eu tinha ganhado tudo. Não é que eu não fosse continuar motivado, mas queria coisas novas. Eles não me deixaram sair tão facilmente, mas eu queria aprender um novo idioma, jogar em outra liga - finalizou.

Segundo o "Daily Mail", da Inglaterra, o Manchester United deve passar por uma profunda reformulação em seu elenco para a próxima temporada, com uma série de dispensas e os brasileiros do elenco não devem passar ilesos neste processo.

Lance!
Compartilhar
Publicidade
Publicidade