PUBLICIDADE

Everson falha duas vezes, Atlético-MG leva gol no último lance e perde para o Ceará no Brasileirão

Goleiro do time mineiro vive noite infeliz e ver time sair derrotado por 2 a 1 no Castelão

24 jun 2021 21h58
| atualizado às 21h58
ver comentários
Publicidade

São Paulo - No encontro entre alvinegros na Arena Castelão, em Fortaleza, Ceará e Atlético-MG fizeram um jogo equilibrado, em que cada um dominou uma das etapas. O empate parecia ser o resultado final, mas persistiu até segundos finais antes do apito. O time cearense conquistou a vitória por 2 a 1 com um gol no lance derradeiro, aos 49 minutos. O goleiro Everson fez defesas importantes, mas viveu uma noite infeliz, já que erros nos dois gols e viu sua equipe sair de campo derrotada.

Lima abriu o placar no segundo minuto de jogo com uma bela finalização. No segundo tempo, o Atlético-MG cresceu e empatou com Gabriel, de cabeça. No entanto, no último lance da partida, Gabriel Lacerda apareceu para desviar de cabeça cobrança de falta de Vina e contou com a falha de Everson, que não conseguiu segurar a bola e viu ela entrar de mansinho.

O Ceará voltou a vencer após cinco rodadas, aliviou a pressão em cima de Guto Ferreira e agora soma oito pontos, na parte intermediária da tabela de classificação. O Atlético-MG conheceu a sua segunda derrota no Brasileirão, a primeira fora de casa, e amargou o segundo jogo seguido sem vencer - vinha de empate com a Chapecoense. Com o revés, perdeu a oportunidade de colar no líder Bragantino. O time mineiro parou nos dez pontos e está fora do G-4.

O Ceará aproveitou o desentrosamento da defesa reserva do Atlético-MG formada por Bueno e Gabriel e criou chances para definir o duelo já na primeira etapa. Foi superior, encurralou o adversário e chegou ao gol cedo, aos dois minutos, contando com o erro do goleiro Everson.

Pressionado, ele saiu jogando errado e entregou a bola nos pés de Lima. O meio-campista dominou e bateu bonito, com força, no contrapé do goleiro, que voltava à sua meta, sofreu um leve escorregão e não conseguiu fazer a defesa na finalização precisa de Lima.

O time do pressionado Guto Ferreira, que viu sua equipe vencer apenas na primeira rodada, dominou as ações a partir do gol, criou ao menos mais três chances claras para ampliar e podia ter descido ao vestiário com uma ótima vantagem.

No entanto, Everson se redimiu do erro que resultou no gol dos anfitriões e parou o ataque cearense. O goleiro brilhou na finalização de Saulo na cara do gol, no arremate de Lima que desviou na defesa e no bonito chute de Jorginho em que voou para espalmar. Saulo também levou perigo em cabeceio que saiu por cima do travessão.

Vendo a sua equipe ser dominada, Cuca não teve outra alternativa senão mexer na escalação. O técnico colocou o jovem Felipe Felício no lugar de Hyoran no intervalo e viu seu time melhorar e ocupar o campo ofensivo. Houve uma pressão, mas sem muita organização, na base do talento dos jogadores, como Hulk, que tentou arremate potente com o pé direito. A conclusão rasteira passou perto.

Ainda incomodado, Cuca abriu de vez a equipe e deixou o time com quatro atacantes ao lançar mão também do garoto Luiz Filipe na vaga de Zaracho. Arana saiu machucado e deu lugar a Caleb. Depois, o experiente Réver, inicialmente preservado, substituiu Bueno. Embora não tenha dominado o adversário, o time ficou encorpado e ganhou mais opções no ataque para marcar.

Mas o gol não saiu dos pés de um dos jogadores de frente, e sim de um zagueiro e em bola aérea. Guga bateu o escanteio da direita, a bola foi desviada na primeira trave e encontrou Gabriel, que subiu sozinho e cabeceou no canto esquerdo para empatar o jogo aos 26 minutos.

O jogo aberto e houve chances para os dois times marcarem novamente e saírem com a vitória. Quando o empate parecia que perduraria até o fim em Fortaleza, Gabriel Lacerda apareceu para desviar de cabeça cobrança de falta de Vina da esquerda e contou com a falha de Everson, que tentou agarrar a bola quando podia espalmar, e viu ela entrar devagar no gol.

Ceará e Atlético-MG voltam a jogar domingo, às 20h30, contra adversários paulistas. O time cearense encara o São Paulo, novamente na Arena Castelão, e a equipe mineira duela com o Santos, na Vila Belmiro. Os jogos são válidos pela sétima rodada do Campeonato Brasileiro.

FICHA TÉCNICA

CEARÁ 2 X 1 ATLÉTICO-MG

CEARÁ - Vinícius Machado; Gabriel Dias, Messias, Gabriel Lacerda e Bruno Pacheco; Marlon (Charles), Jorginho (Vina), Fernando Sobral e Lima (Wendson); Saulo Mineiro (Yony González) e Mendoza. Técnico: Guto Ferreira.

ATLÉTICO-MG - Everson; Guga, Gabriel, Bueno (Réver) e Guilherme Arana (Calebe); Allan e Tchê Tchê (Jair), Zaracho (Luiz Filipe) e Hyoran (Felipe Felício); Keno e Hulk. Técnico: Cuca.

GOLS - Lima, aos dois minutos do primeiro tempo. Gabriel, aos 26, e Gabriel Lacerda, aos 49 minutos do segundo tempo.

ÁRBITRO - Leandro Pedro Vuaden (RS).

CARTÕES AMARELOS - Guilherme Arana, Saulo Mineiro, Tchê Tchê, Gabriel, Réver, Wendson, Bruno Pacheco

LOCAL - Arena Castelão, em Fortaleza (CE).

Estadão
Publicidade
Publicidade