PUBLICIDADE

Crise no Grêmio se agrava com eliminação na Sul-Americana

Time foi batido em casa pela LDU e irritou bastante o técnico Felipão

21 jul 2021 08h38
| atualizado às 08h42
ver comentários
Publicidade

Eliminado precocemente da Libertadores, e agora da Copa Sul-Americana, o Grêmio não consegue sair da crise técnica em que se encontra há vários meses e que culminou com duas trocas de técnico na temporada. Primeiro, saiu Renato Gaúcho e veio Tiago Nunes. Este foi demitido recentemente e acabou substituído por Luiz Felipe Scolari, o Felipão.

Felipão não teve sorte nesse seu início de trabalho no Grêmio
Felipão não teve sorte nesse seu início de trabalho no Grêmio
Foto: João Vitor Rezende Borba / Estadão Conteúdo

Por enquanto, nada disso funcionou. A derrota para a LDU por 2 a 1, de virada, na noite dessa terça-feira (20), em Porto Alegre, não era esperada por ninguém no Tricolor. Muito menos por Felipão, que se irritou com a quantidade de gols perdidos pela equipe.

O problema se acentua por que o Grêmio faz campanha muito ruim no Brasileiro, no qual hoje figura na zona de rebaixamento, e já está praticamente afastado da luta por esse título. Restaria a Copa do Brasil para salvar o ano, que se desenha um dos piores da história do clube.

Pela competição nacional que está nas oitavas de final, o Grêmio vai enfrentar o Vitória, em 27 de julho e 3 de agosto. A princípio, não deve ter muita dificuldade de passar de fase, mais pela fragilidade do adversário, na zona de rebaixamento da Série B. Mas tudo é incerteza no Grêmio na temporada. Com a saída de Renato Gaúcho, em abril, após quatro anos e sete meses no comando da equipe, o time parece ter perdido o rumo.

Papo de Arena Todo o conteúdo (textos, ilustrações, áudios, fotos, gráficos, arquivos etc.) deste blog é de responsabilidade do blogueiro que o assina. A responsabilidade por todos os conteúdos aqui publicados, bem como pela obtenção de todas as autorizações e licenças necessárias, é exclusiva do blogueiro. 
Publicidade
Publicidade