PUBLICIDADE

Torcida e apoio chileno levam time à final da Copa Coca-Cola

12 nov 2012 07h26
| atualizado às 12h48
Publicidade

O regulamento da Copa Coca-Cola é claro: "o futebol moleque conta, e a torcida também". E foi graças à mobilização de seus torcedores que o CT Vale Esperança chegou à fase final do torneio.

Garotos do CT Vale Esperança fazem a festa em São Paulo após garantir vaga nas finais
Garotos do CT Vale Esperança fazem a festa em São Paulo após garantir vaga nas finais
Foto: Léo Barrilari / PrimaPagina



A equipe do Espírito Santo perdeu a final da etapa local para o Pedra da Cebola por 2 a 1. A decepção da derrota naquele 2 de setembro virou a alegria da classificação semanas depois devido ao apoio de pais, familiares e amigos. O time da comunidade Vale Esperança registrou o terceiro maior número de acessos nos vídeos de líderes da torcida e garantiu a vaga na repescagem.



Neste ano, a Copa Coca-Cola inovou ao criar um espaço para valorizar o desempenho dos torcedores. O desafio das equipes era enviar três vídeos, nas categorias "Comemoração Passinho", "Pai Destaque" e "Mãe Destaque", sendo que o número de visualizações contava pontos na repescagem.



"Chegamos até a final da etapa local, mas perdemos. Os meninos ficaram muito tristes e passamos a trabalhar com a hipótese dos vídeos. Conseguimos 35 mil visualizações e passamos para a etapa nacional com a porta quase fechando", conta Raphael Barbosa, professor de Educação Física e responsável pelo time da cidade de Cariacica.



Barbosa pediu ajuda até a amigos chilenos para ampliar a audiência dos vídeos do CT Vale Esperança. "Em uma viagem minha ao Chile para um trabalho de preparação no futebol, fiz muitos contatos para a divulgação. Colocaram o link dos nossos vídeos no site deles. Foi espetacular", orgulha-se.



Houve também um trabalho de compartilhamento dos vídeos nas redes sociais e premiações aos alunos da escolinha que mais conseguissem visualizações para os vídeos da equipe.



O sonho de viajar a São Paulo tornou-se realidade e o CT Vale Esperança não decepcionou, após a mobilização de seus torcedores. Ganhou a fase preliminar e as oitavas de final, nos dias 3 e 4 de novembro, e agora se prepara para viajar ao Rio de Janeiro para disputar a fase final, nos dias 23 e 24.



"É algo imensurável o que isso tem representado para as nossas crianças. Alguns pais escreveram no bate-papo do nosso site que nem eles poderiam proporcionar uma viagem dessas aos filhos, com hotel. Agora vamos tentar ser campeões", afirma Barbosa.



O adversário nas quartas de final será o Garoto Revelação, do Recife. E a torcida do Vale Esperança estará presente. "Vamos levar um ônibus com os pais e a nossa torcida. Eles se propuseram até a dormir no próprio ônibus."



Quer saber mais sobre a Copa Coca-Cola?

Então, clique aqui

e confira

Fonte: PrimaPagina
Publicidade