PUBLICIDADE

Lembre craques que vieram do futsal, como Neymar e Messi

21 nov 2012 07h50
Publicidade

No último domingo, o Brasil ganhou o Mundial de Futsal pela sétima vez. Porém, muito mais do que render taças para a nossa história, esta modalidade já ajudou a revelar alguns dos nossos maiores jogadores, como Rivellino, Ronaldo e Neymar. Confira.

Não são apenas os brasileiros que surgiram das quadras; Messi também deu seus primeiros chutes por lá
Não são apenas os brasileiros que surgiram das quadras; Messi também deu seus primeiros chutes por lá
Foto: Getty Images



Rivellino

Famoso por conta da habilidade e do potente chute de perna esquerda, que lhe rendeu o apelido de patada atômica, o craque deu os primeiros passos no esporte jogando futebol de salão, fundamental para desenvolver seus dribles curtos, como o elástico.



Ronaldo

As famosas arrancadas do Fenômeno seguidas de rápidos dribles infernizaram os zagueiros e goleiros que o enfrentaram. E boa parte desse talento despontou no futsal. Antes de brilhar nos campos, Ronaldo jogou pelo Social Ramos Clube e pelo Grajaú, entre 1991 e 92.



Robinho

Muito antes de liderar a geração dos Meninos da Vila do Santos, em 2002, Robinho aperfeiçoava sua técnica nas quadras. Seu começo se deu em 1994, atuando pelo Portuários, de São Vicente, no litoral paulista.



Neymar

O craque mal havia surgido no profissional e já pipocavam na internet vídeos de suas façanhas nas quadras. Com 13 anos, Neymar infernizava os coleguinhas do colégio pedalando, driblando e marcando inúmeros gols.



Messi

Não são apenas os brasileiros que desenvolvem seu talento nas quadras. Melhor do mundo nas últimas três temporadas, o argentino Lionel Messi começou no futebol de salão do Newell's Old Boys, da Argentina. Além de jogar no clube, ele também atuava na rua de casa e, segundo ele, o futsal foi fundamental para ele se tornar o que é hoje.



Cristiano Ronaldo

Habilidoso e de dribles velozes, Cristiano Ronaldo também passou a infância jogando futsal em Portugal. Segundo o craque, as quadras o ajudaram a aprimorar os fundamentos e ganhar agilidade.



Denílson

Conhecido pela habilidade fora do comum, Denílson defendeu um clube de futsal do bairro de Santo Amaro, em São Paulo, antes de ser descoberto pelo São Paulo e se tornar a maior transferência da história do futebol brasileiro na época.



Marta

Comparada a Pelé, a craque Marta é outra que deve muito de sua qualidade técnica ao futebol de salão. Em 2002 a jogadora defendia a Associação Atlética Banco do Brasil de Belo Horizonte. Anos depois, brilharia com a camisa da seleção verde e amarela.



Quer saber mais sobre a Copa Coca-Cola?

Então, clique aqui

e confira

Fonte: PrimaPagina
Publicidade