PUBLICIDADE

Após desmanche, Estácio Fic foca em título da Copa Coca-Cola

22 nov 2012 07h57
Publicidade

Campeão da etapa cearense da Copa Coca-Cola em 2011, o Estácio Fic teve de suar a camisa para repetir o feito. Além da melhora técnica dos adversários, a equipe perdeu quase todos os atletas devido ao sucesso do ano anterior. Mesmo assim, fez valer a união do grupo recém-formado para ganhar a fase local e brilhar nas eliminatórias nacionais em São Paulo.

Estácio Fic perdeu uma série de jogadores ao longo do ano, mas mesmo assim alcançou as finais da Copa Coca-Cola
Estácio Fic perdeu uma série de jogadores ao longo do ano, mas mesmo assim alcançou as finais da Copa Coca-Cola
Foto: Raquel Amapos / Divulgação



Thiago Dantas, treinador de goleiros do Estácio Fic, explica que o time é fruto de um projeto de escolinhas mantidas por uma faculdade cearense e já existe há cinco anos. A preparação para a edição deste ano da Copa Coca-Cola teve início em março, mas a ideia de manter a base e o entrosamento foi ruindo conforme o interesse de grandes equipes levava os talentos do time.



"Tivemos de refazer toda a equipe ao longo do ano. Temos um que foi para o Fluminense, outro para o Corinthians, mais um para o Ceará, e assim por diante. Apenas três permaneceram", diz.



Para recompor o elenco, a comissão técnica entrou em contato com os jogadores que não haviam sido chamados para o grupo, conforme os atletas iam saindo. "Se por um lado ficamos sem algumas peças, por outro isso serviu de estímulo para os garotos jogarem bem este ano e também chamar a atenção de um grande clube. Agora temos um grupo bem unido, um menino corre pelo outro", acrescenta.



Depois de vencer a etapa de Fortaleza, o time fez duas semanas de preparação física e mais duas de amistosos para chegar pronta para a fase nacional, em São Paulo. "Pegamos informações sobre nosso primeiro adversário com uma equipe do Rio que temos amizade e perdeu para eles na etapa local. Com isso, deslocamos um volante para fazer uma marcação especial sobre o camisa 10 deles, que organizava o jogo, e conseguimos vencer", destaca Thiago.



Um dos maiores problemas enfrentados pela equipe até o momento é a fragilidade física dos jogadores, que não são tão altos. Para superar isso, o Estácio Fic está fazendo um trabalho mais intenso, inclusive na areia. Por outro lado, o destaque do time é a defesa, que levou apenas um gol até agora. "Nossa marcação começa desde os atacantes, para que facilitar o trabalho lá atrás. Também atuamos com três zagueiros, para sempre ter um jogador na sobra, e está dando certo até agora."



Quer saber mais sobre a Copa Coca-Cola?

Então, clique aqui

e confira

Fonte: PrimaPagina
Publicidade