5 eventos ao vivo

Com Dudu "feliz", Palmeiras trabalha parte tática e bola aérea em treino desta terça

17 jul 2018
11h40
atualizado às 13h04
  • separator
  • 2
  • comentários

Na ensolarada manhã desta terça-feira, o técnico Roger Machado comandou o penúltimo treino do Palmeiras antes do clássico contra o Santos, nesta quinta, pela rodada de número 13 do Campeonato Brasileiro. No CT da Barra Funda, as atividades foram divididas em três partes. Após o aquecimento, o elenco alviverde realizou um trabalho tático e de finalização, seguido por um exercício de bola aérea. Pivô de polêmica nas redes sociais, Dudu foi ao gramado normalmente e sem aparentar qualquer tipo de "infelicidade", como o mesmo escreveu na noite desta segunda-feira.

O treinamento teve início com o tradicional "bobinho" como trabalho de aquecimento. Na sequência, foi realizada uma atividade voltada para a parte tática. Com campo dividido, os jogadores se posicionaram em seus respectivos setores e fizeram exercício de transição. A bola começava com o zagueiro e era trabalhada até chegar no atacante, que concluía a jogada chutando a gol. Willian foi o grande destaque desta parte, obtendo um aproveitamento excelente nas finalizações.

A terceira parte consistiu em um trabalho de bola aérea. Hyoran, Vitinho e Lucas Lima faziam os levantamentos de um lado do campo, enquanto Victor Luís e Jean foram os encarregados de fazer o mesmo do outro. Apenas um dos lados contou com jogadores de defesa e de ataque dentro da área. No outro, havia apenas defensores, com a missão de afastar os cruzamentos.

Ao fim do treino, Scarpa, Diogo Barbosa e Bruno Henrique continuaram no gramado, praticando cobranças de pênalti e falta.

Se, nas redes sociais, Dudu mostrou descontentamento na publicação que fez na noite desta segunda-feira, em campo, por outro lado, o meia não demonstrou nenhum sinal de tristeza ou insatisfação. O camisa sete levantou polêmica ao indicar que estaria "infeliz" no clube, dias após ver a diretoria recusar outra proposta da China por seu futebol. O ambiente do time, de maneira geral, esteve bastante descontraído durante esta manhã.

O Verdão terá, a princípio, seis baixas para enfrentar o Peixe. São elas: o goleiro Jaílson, o zagueiro Luan, e os meias Moisés e Dudu, todos suspensos, além dos colombianos Guerra e Borja, que se recuperam de lesões e, inclusive, foram os únicos que não apareceram no gramado da Academia. O meia passou por uma cirurgia no pé esquerdo, enquanto o atacante foi submetido a uma artroscopia no joelho direito.

Desta forma, o time que deve ser escalado como titular no clássico desta quinta é formado por: Weverton; Marcos Rocha, Antonio Carlos, Edu Dracena e Diogo Barbosa; Felipe Melo, Bruno Henrique, Hyoran, Lucas Lima e Gustavo Scarpa; Willian. No Pacaembu, o apito inicial para Santos e Palmeiras está previsto para as 20h (no horário de Brasília).

Gazeta Esportiva Gazeta Esportiva
  • separator
  • 2
  • comentários
publicidade