2 eventos ao vivo

Chapecoense aposta na estreia do técnico Marquinhos Santos para iniciar reação

Novo treinador deve escalar time com cinco mudanças em relação ao último jogo

22 set 2019
10h08
atualizado às 10h08
  • separator
  • 0
  • comentários

Sem vencer há quatro jogos no Brasileirão, com três derrotas seguidas, a Chapecoense espera iniciar uma fase mais positiva neste domingo, no Beira-Rio, onde enfrenta o Internacional, a partir das 11 horas, pela 20.ª rodada. A partida marcará a estreia de Marquinhos Santos como treinador do time, cargo que foi exercido interinamente por Emerson Cris nas últimas oito rodadas após a demissão de Ney Franco.

O novo comandante tem a missão de tirar a equipe catarinense da zona de rebaixamento, o que não poderá acontecer nesta rodada. Isso porque a Chapecoense está na vice-lanterna, com 14 pontos, quatro a menos que o Fluminense, primeiro time fora da degola, em 16º lugar, com 18 pontos.

Além da estreia de Marquinhos Santos, a Chapecoense terá novidades dentro das quatro linhas. O treinador definiu a escalação com cinco mudanças em relação à derrota para o Vasco na rodada passada. A principal delas é a saída do meia Augusto para a entrada de Renato, que está recuperado de lesão e voltará a jogar após mais de quatro meses afastado.

"Quando há troca de comando, os atletas respondem bem. Há necessidade de uma mudança de atitude e organização tática para que a Chapecoense permaneça na Série A. Gosto do meio-campo preenchido, agressivo na marcação, mas organizado e compacto. Eles assimilaram bem. O número de chances criadas foi bom no treino", garantiu Marquinhos.

As outras mudanças serão em função dos retornos do zagueiro Gum e do volante Márcio Araújo, novamente à disposição após cumprirem suspensão, e do meia Camilo, recuperado de lesão. O trio retoma as vagas que foram ocupadas por Maurício Ramos, Amaral e Campanharo. Outra mudança será no ataque, com Arthur Gomes no lugar de Aylon.

Estadão
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade